Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

Apresentados

juízo

nos últimos dias a infelicidade tomou conta de mim e deixou que repousasse a cabeça no seu colo, enquanto entoava melancólicas composições de embalar. o seu canto era enternecedor mas suplantado pelos gritos da vizinha e pelo chiar arrastado das molas do colchão que repercutiam de cima para baixo. 
a mulher que guarda as chaves continua a usufruir da minha atenção e dedicação, como se fosse um escravo e não um amante. às vezes quase me atrevo a chamar-lhe paulina e a jurar que me lanço à morte do schlangenberg só para lhe provar o meu amor. mas depois fecho os olhos, bebo mais um copo e fico a pensar se realmente é amor.
notei recentemente que quando outros interesses lhe ocupam os dias e fica ausente, é alívio que sinto e experimento uma estranha liberdade, como se a porta da gaiola ficasse aberta por esquecimento. mas depois ela volta, ouço a chave rodar na fechadura porque tem os pés frios ou lhe morrem as plantas e tudo volta ao início. podia travar a fechadura com a minha chave …

Mensagens mais recentes

azia

Pocahontas

diagonal

farfalhar

Hécate

wanted

kutas

yukata

zalatwic

łabędzie