barbeira

 quando o cabelo começa a entrar pelos olhos adentro, o meu cérebro começa a desenvolver ideias de como se livrar da cabeça e isso é perigoso. a tosquia é uma tarefa relativamente simples, exige pouco tempo, destreza e fica relativamente económico no estabelecimento aqui da rua. a última vez deve ter sido ainda no inverno, o individuo calado do costume estava com outro cliente e passou-me para as mãos do colega que eu nunca tinha notado. é uma tarefa simples, envolve uma maquineta e pouco mais, como eu já disse, mas é bom relembrar, para que compreendam que era escusado o tal indivíduo novo precisar de gritar junto aos meus ouvidos, tornando toda a experiência muito mais longa e inesquecível. o tema predileto era na altura a eminência da invasão da Ucrânia, mesmo em vésperas de acontecer, e o sujeito falava das ameaças do Putin, e daquelas coisas que matam muita gente mas a qual ele não se lembrava do nome. Bomba atómica, disse-lhe, cansado das tentativas que fazia para articular palavras. Isso mesmo, respondeu o homem, repetindo depois várias vezes a palavra até a conseguir dizer e das bombas passou para as baratas, depois outras pragas, sempre aos berros por cima do barulho da maquineta. ontem resolvi que não queria ninguém a gritar aos meus ouvidos e escolhi uma barbearia no centro com um aspecto tranquilo. não havia música, tv ou outros clientes a proprietária e única funcionária mandou-me sentar numa confortável cadeira de barbeiro em pele clara, próximo da montra. dei-lhe liberdade para fazer o que quisesse. sim, eu disse isso, faz o que quiseres. a uma determinada altura achei que nunca mais queria sair dali e cada vez que me passava a mão pelos caracóis que me iam restando, eu agarrava os braços da cadeira com emoção, felizmente escondido pelo capote negro. 




Comentários

  1. Ser for uma BARBEIRA, e se for jovem, faz toda a diferença.
    .
    Cumprimentos poéticos
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nã seria mais jovem que eu, mas nas mulheres é sempre difícil de avaliar :D
      abraço

      Eliminar
  2. Ah, Manel, grande maroto!! Com que então o toque da barbeira foi agradável...claro... Esperavas o quê? :)
    Foste buscar uma data de caras de bilhete postal antigo, mas nenhum desses se parece contigo. Tu tens charme, és moreno, cabelo todo encaracolado, enfim, um moço a quem dá gosto fazer a tosquia de cabelo. barba e bigode... :)

    Beijos, Manel. Juízo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nã esperava grande coisa, que a minha natureza pessimista só espera o pior... o que por vezes é vantajoso :D
      estou empolgado em perceber se alguma vez se voltará a estes penteados... repara como as orelhas ficam sempre bem escondidas... acho que na próxima vou pedir algo parecido
      beijocas

      Eliminar
  3. Um texto muito humorístico hoje. E que me agradou imenso.
    Abraço e saúde

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. fico feliz por isso :) era essa a intenção
      muita saúde e um grande abraço

      Eliminar
  4. Ora, da próxima vez vou experimentar um barbeiro a vez se sinto a mesma emoção, é que com a minha cabeleireira não acontece:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nã quero ser preconceituoso em relação ao género, mas o que me tem dito a experiência é que é necessário experimentar :) mas também há cabeleireiros homens, talvez seja mais sensato começar por ai :D

      Eliminar
  5. Mas onde é que o Manel descobre estas coisas?
    Com o devido respeito, mas alguns destes cavalheiros parecem saídos do Planeta dos Macacos! Que riso!
    Julguei que falar pelos cotovelos fosse apanágio das mulheres. Não é o que dizem os meninos?
    Da próxima vez que precisar de cortar o cabelo, tenho que escolher melhor. porque a única sensação que costumo ter é medo de ficar careca. Ela corta, corta, corta.
    Um abraço do Algarve,
    Sandra Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é muita pesquisa :D
      nã recomendo barbeiras, porque a ideia também é cortar, mas talvez experimentar outra cabeleireira ou cabeleireiro...
      abraço

      Eliminar

Enviar um comentário