arco

“um post por dia até ao fim do corona" dia 19... fui ao baú de texto inacabados. 

A mulher agita-se e a voz cresce-lhe. Não concorda com o homem. Para ela prevalece a ideia de que o ser humano procura sempre melhorar-se. Evoluir para um patamar superior. Diz com um brilho nos olhos e alguma inocência. Mas o homem é categórico. Para ele não há nada que distinga o homem da idade da pedra, daquele indivíduo que atravessa a rua a correr e entra no autocarro. A mulher argumenta com a arte, a música, a capacidade criadora do ser humano. As ciências, os filósofos gregos. Diz, tentando apelar ao lado científico do homem. Mas o homem ri alto. É verdade que Arquimedes calculou a área sob o arco de uma parábola utilizando a soma de uma série infinita sem uma máquina de calcular, mas mantenho a minha teoria. Disse o homem. Podemos criar, podemos procurar o conhecimento, podemos tentar evoluir, mas tens de concordar comigo que a maioria prefere não o fazer, e sem o ensino obrigatório, sem telemóveis, sem televisão, se não houvesse nada a estimular, a maioria retorceria 120 mil anos atrás aos primeiros homo sapiens e se calhar mesmo esses eram mais dotados de engenho. Olha bem para eles! Diz o homem com desdém para o grupo de jovens sentados ali ao lado na esplanada. Seguram o telemóvel em lugar de uma pedra lascada, o polegar pode ter desenvolvido uns centímetros para enviarem mais mensagens, mas o cérebro é exactamente o mesmo. Conclui. A mulher guarda as palavras, mas não abandona a sua ideia, não tem o conhecimento científico do homem, mas tem a sensibilidade inata de um ser humano.

Texto começado a 15 de Outubro de 2018 e acabado por estes dias.

daqui




Comentários

  1. Entretanto, o desgraçado ri-se com os dentes todos :-)

    Boa noite, afilhado mailindo

    Notinha: Conheço ciganos com quem negociaria de olhos de fechados, já com o burro estaria com os dois olhos bem abertos, e ainda seriam poucos, parece que mordem. ahahahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nã concordo nada madrinha... o burro é um animal dócil, já o cigano...

      Eliminar
    2. o cigano é como todos os outros, há bons e maus. :)

      Eliminar
    3. e depois há aqueles que são muito maus... como eu :)

      Eliminar
  2. Por que será que a selecção natural os poupou?Hum...

    ResponderEliminar
  3. Talvez tenham ambos razão. O homem da idade da pedra também fazia arte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, mas há pessoas que nã são capazes nem de fazer, nem de apreciar...

      Eliminar
  4. A razão nunca está toda no mesmo lado.
    Se a mulher tem a sensibilidade, o homem na sua rudeza terra-a-terra não deixa de ter a sua razão. Não sei bem quem disse isto nem se foi bem isto, mas para se avançar para o futuro, tem de se recuar e procurar no passado.
    Que é que tu achas desta teoria, Manel?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. hum, nã acredito que isto seja um avanço... talvez seja mesmo preciso olhar mais para o passado e perceber onde é que falhamos

      Eliminar
  5. Quer queiramos ou não, existem diferenças inatas ao género,...

    ResponderEliminar

Enviar um comentário