#zostanwdomu

"um post por dia até ao fim do corona"... e já lá vão 7

O prédio está silencioso. A maioria das pessoas não sai de casa, nem para passear os cães. A senhora idosa do primeiro foi para casa do filho e a mais jovem do terceiro, é o namorado que sai para ir às compras e deixar o lixo na rua. Cruzamo-nos uma vez. Durante o dia acontece ouvir-se uma porta a bater, ou alguma televisão ou rádio com o volume mais alto, mas assim que o sol se põe é como se estivesse sozinho no mundo. Depois acontece tudo muito rapidamente, aqueço leite e abro na página que deixei marcada. O sono começa a ganhar peso, fica de uma obesidade mórbida e quando os olhos se fecham, às vezes com o livro ainda suspenso, só retornam a abrir para um novo dia, sempre por volta da mesma hora. Não há cortes, idas à casa-de-banho, nem mesmo aquele manancial de sonhos estranhos. É como ter a imaginação congestionada e passar a respirar o realismo em grandes blocos de notícias e números que já não sabemos se aguentamos. Acordar já não é despertar. 





Imagens retiradas da net 






#zostanwdomu - fiquem em casa

Comentários

  1. Tem calma, Manel, e, quando puderes, vai ver o vídeo que publiquei.
    Tenho a certeza que te vai fazer despertar, de novo, para o mundo melhor que há-de vir. Quando tudo se normalizar, nunca mais seremos os mesmos. Aqueles que 'ontem' só olhavam para si e o seu umbigo, terão uma visão melhor e mais vasta do quanto é bela a liberdade de poder ir e vir... sem medo!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tinhas razão, o vídeo dá novo alento :) muito obrigado pela partilha. Isto passa, tudo passa, melhores dias nos reservam, de preferência de muita chuva e frio!
      beijo

      Eliminar
  2. Adoro a ideia dos bilhetes de cinema!
    Mudei de poiso. Vim para Norte, mas em Coimbra o miúdo do andar de cima ficou a meio da primeira aula de flauta e veio para casa praticar o pouco que aprendeu, é desesperante.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ainda deixam esse instrumento nas mãos das crianças?
      também gostei e passei quase uma hora à procura deles depois de os ter visto e nã ter guardado... mas valeu a pena :)

      Eliminar
  3. Tá tudo uma pasmacêra, afilhado mailindo. Vamos indo e vamos vendo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos indo mesmo, madrinha, um dia de cada vez, a cabeça entre as orelhas! beijos

      Eliminar
  4. Respostas
    1. já mudei a cabeceira da cama para sul, mas acho que nã sonhei, ou se sonhei nem me lembro... tens sugestões?

      Eliminar
  5. Eu cá sonho...
    Muito.
    Mas a maioria das vezes o sonho perde-se. A não ser que o escreva.
    E curiosamente tem-me custado mais ler....
    Mas leio!
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nem sonho, nem leio, quase parti os óculos, um caso perdido...

      Eliminar
  6. Tenho tido pesadelos. Já acordei a gritar duas vezes.
    Diabo de reclusão sob ameaça de virose!

    Fica bem, polvinho!

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. já dormi inúmeras vezes com pessoas que falavam, gesticulavam, até me aconteceu estar a dormir com duas pessoas e as duas estavam a dialogar enquanto dormiam, mas nunca acordar a gritar, isso assusta-me.
      melhores sonhos, fica bem Tutu, cuida-te, beijos

      Eliminar
  7. Quem me dera dormir assim, acho que vou dar no xanax entretanto

    ResponderEliminar

Enviar um comentário