maçã

A história da maçã segundo o electricista. 
Senta-te, disse o electricista, tenho algo para te contar. O homem sentou-se e ficou à espera,  enquanto o electricista por gestos pedia duas canecas de cerveja. O electricista raramente falava, as canecas vinham e iam entre os dois em silêncio, sendo apenas interrompido pelos comentários tolos do moço quando este ficava sem bateria. Naquela tarde o moço não estava e o electricista aproveitou para desabafar. Eram só os dois e nunca antes acontecera o electricista dizer que tinha algo para contar. O homem considerou que seria algo grave, mas não mostrou impaciência ou nervosismo. Quando as cervejas chegaram, o electricista bebeu um terço da caneca e contou ao homem que tinha visto a rapariga das chaves com outro.


Comentários

  1. E essa maçã, o electricista ainda não engoliu, daí perder a voz, o que é uma maçada, ou será uma tarte ?
    :-)

    ResponderEliminar
  2. Malandra! Atrever-se a viver, tentar ser feliz... como pôde?

    ResponderEliminar
  3. A traição ficou-lhe atravessada na garganta, não foi Manel?
    Deixa lá, parte para outra. :)
    Beijos.

    ( olha só quem nos trouxeste...Javier Bardem e a sua maça, chamada Penélope...;) )

    ResponderEliminar
  4. Olá, Manel! Então?
    Vem aí o fim de semana, toca a escrever qualquer coisa para termos com o que
    nos entreter. Fala do buraco negro, ou fala do negro buraco, mas anda lá que isto sem ti não tem piada nenhuma! :)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar

Enviar um comentário