lama

Bebi a coragem como se me queimasse os lábios, mas disse-lhe. Estranhamente tudo saiu de forma errada, as palavras colaram-se na garganta e parecíamos actores de um filme de baixo orçamento. Sem saber o que fazer com as mãos, larguei os meus sentimentos por ela que ficaram a boiar no nada, expostos ao ar e ela a dizer que sentia muito, mas não havia reciprocidade. Sentia muito, mas deve ser muito lá no fundo de um poço. Saiu calmamente quando lhe pedi, equilibrando na cabeça uma distinta coroa de ignorância e um saquinho de prendas pela mão. Sai, vai embora, repeti várias vezes sem a olhar nos olhos. Os olhos são aquela cena mesmo marada, se a olhasse nos olhos lá se ia a merda da coragem que tanto custou a engolir. Não sei se esperava mesmo outro desfecho, talvez ainda houvesse uma restiazinha de esperança, um volte-face (queria muito usar esta palavra) perto do fim e ela a soluçar de felicidade nos meus braços, rendida à emoção. É possível que eu tenha batido com a cabeça em algum momento da minha vida e isto seja um efeito latente. Conta-se que foi a minha tia-avó que me deixou cair, mas outros dizem que foi o meu primo e que eu ia ao colo da minha avó, porque antes eu ia ao colo da minha tia-avó e a minha avó caiu com o meu primo e resolveram trocar, e quando o fizeram, a minha tia-avó deixou cair o meu primo. O meu primo parece mais normal do que eu, por isso talvez a história esteja mal contada. Inverti a garrafa vazia para o copo e uma gota deslizou pela gravidade. Monocasta de coragem de 2015, Península de Setúbal. Estou fodido, só para o ano é que a consigo esquecer. Depois só sobrou o silêncio e uma pilha de roupa dobrada. 

Inge Morath’s A Llama in Times Square - December 2, 1957
Qual a diferença entre um lama (lhama) e uma alpaca? As alpacas têm cabelo à frente dos olhos.

Comentários

  1. Essa é a da chave? Devolveu-ta? Ou ainda a conserva?


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cheira-me que não a pediste com a veemência necessária para o caso. Estou enganada? Afilhado, parte para outra, tu não mereces , ter na vida, aquela mulher, tu mereces, A MULHER, e essas, por vezes, demoram um cadito mais a aparecer. Keep calm, and just smile - está por aí o testo da tua panela.

      Beijocas da madrinha

      Eliminar
  2. Vá lá...do mal o menos. A roupa ficou dobrada!! :)
    Andaste a beber para esquecer, cigano?
    Raisparta a tua vida, parece coisa de filme mexicano...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. descobri que dobrar roupa pode ser tão terapêutico como meditar :) e muito mais produtivo... caríssima, isso de beber para esquecer é mito, acredita em mim, nã resulta :)
      bom filme :D

      Eliminar
  3. Obrigada! Era uma questão que me atormentava ultimamente. Serei muito mais feliz agora que sei distinguir um lama duma alpa... duma alpacenas. Fico-te muito grata.
    A roupa não se arruma sozinha mete-a nas gavetas certas, já está dobrada, o mais difícil já passou.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. imagino que sejas super organizada :)
      há gavetas certas? como é que decides o que fica em cada gaveta?

      Eliminar
    2. Sou super desorganizada, ando a descobrir roupa perdida nos armários e gavetas que desconhecia ter. Combinei comigo mesma que não compro nada nos próximos 2 anos, mas entretanto hoje aproveite e fui aos saldos só comprei coisas úteis mas comprei... sou uma desgraça pior do que se supõe por isso ninguém sofre com a minha falta de reciprocidade, ninguém me quer!

      Eliminar
    3. Ahahahahah Bons conselhos dá Frei Tomaz - Faz o que ele diz, não faças o que ele faz. Dê cá mais 5 Tétisq :-)

      A menina, deve estar como o meu afilhado mailindo quinté, têm o olho inclinado à ramela e deixam passar o que vale a pena.

      Vá lá, abram a pestana.
      Beijocas


      Eliminar
  4. Com um 2015 aqui da minha península toda a coragem se ganha e toda a tristeza se esquece, beba mais um copo...esse seu abraço chegará um dia, tenho quase a certeza, agora não se esqueça de nos contar quando acontecer.
    ~CC~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. claro que conto... sou tipo livro aberto :D
      bom ano CC, a sua península é das minhas favoritas

      Eliminar

Enviar um comentário