oráculo

"... eram incompatíveis uma cantora lírica e um homem de letras, porque ambos aspiram à simetria; e o casamento é um fenómeno assimétrico."

Os meninos de ouro, Agustina Bessa-Luís




Comentários

  1. Há coisas, relações e pessoas irremediavelmente incompatíveis. É aceitar e seguir....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é isso... aceitar e seguir.
      mesmo que ela só cante no coro... e eu nã seja propriamente um homem de letras...

      Eliminar
    2. Humm. Não és de letras podes ficar com a música. E não há desculpas. Não sabes tocar nada, tocas ferrinhos :-D

      Eliminar
    3. ehehehehehe, nem ferrinhos! simplesmente sem ritmo...

      Eliminar
  2. Só tens de aceitar e seguir o caminho por ti escolhido, Manel.
    Se não for aquele o certo, tomas outro.
    Que venha a moça que canta no coro - que nem sequer sabes bem em qual- e o resto se irá acertando com o tempo, olha agora!!
    Depois, a Agustina não é nenhuma profetiza...;)
    Ela lá sabe de casamentos. Escolheu marido através de um anúncio no jornal... lol
    Fica bem, Manel. Vai à luta, mas é! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheheheeh, com essa do anúncio é que me tramaste... se calhar vou por anúncio...
      beijos, Janita

      Eliminar
  3. Não costumo discordar da Agustina, mas um homem de letras que aspira à simetria deve andar enganado.

    ResponderEliminar
  4. Deixa-te de tretas e faz-lhe uma serenata, vê como a menina do coro reage e, depois, reage tu, ficando ou partindo para outra. Mas que atado me saíste afilhado.
    NOTA: Um amor não é simétrico, simétrico seria o enfado que daria, se existisse tal obscenidade. O amor encontra-se exactamente nas assimetrias.

    Beijo da madrinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. por Júpiter! serenatas!!! nem consigo falar... quanto mais cantar :)
      O amor é assimétrico... até a Agustina concorda. O que nã encaixa é duas simetrias numa assimetria... penso eu!
      beijos, madrinha linda!

      Eliminar
    2. Que raio!!! Encomenda a serenata pá, e fica lá, feito 2 de paus, com umas floritas. Consegues ao menos piscar o olho à menina?
      As vossas simetrias são feitas de quê, se nem falam?

      Eliminar
  5. Considero-me uma mulher de letras [se é que me posso considerar alguma coisa. nem bem mulher, nem bem de letras, na verdade]. E nunca - em momento algum - aspiro à simetria. Enfadonha.
    As assimetrias é que nos instigam.
    Acho.
    Sinto.
    :)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário