wasp

É como se o fundo fosse mais fundo por minuto, infinito e numa espiral em queda. como se as palavras fossem inimigas e em forma de insectos alados, devorassem com as suas mandíbulas os dedos que insistem em escrever. va lá, corre contra o tempo em peúgas, daqui a meia dúzia de horas é dia e maldizes o inventor das segundas. tinhas dois dias e o resultado é isto. cedes no amor e no ódio porque tens tempo, cedes com prejuízo da vida, quando as articulações endurecem perante o vazio da página. que inútil. recomeças onde ficaste, mesmo que seja naquela ideia que afinal não chegaste a guardar. ideias nunca se guardam em frascos abertos ou em envelopes de papel vegetal, já devias saber. tanta coisa que já devias saber, não é a primeira vez que aqui vens, mas infelizmente teimas em esquecer, porque esquecer não é tão doloroso. o fácil nunca é mais fácil. ponto parágrafo. e o nada pode ser o princípio do fim, mesmo ao domingo.

aqui

Comentários

  1. se durmo com peúgas também dá nisso. para aqueceres os pés, desirrigas o cérebro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. faz todo o sentido, nunca tinha pensado nisso :)

      Eliminar
  2. Decididamente, eu, e este novo formato do teu blogue, não nos entendemos, Manel. Deixei aqui um comentário tã lindo e inspirador e cadê ele? levou sumiço.
    Olha, um beijo e boa semana, cigano.

    Se quiseres podes tentar ver lá no sítio do tal de spam...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tu nã me digas que este formato me come comentários!!! ainda por cima tem predilecção pelos lindos e inspiradores... ai ai ! :)

      Eliminar
    2. Já encontraste o meu comentário, Manel?

      :)

      Eliminar
  3. As pessoas andam esquisitas, ao fim de semana cansam-se imenso em busca de descanso ou prazer nalguma actividade.
    E, já andam assim desde que inventaram o lazer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. quem terá inventado essa cena estúpida do... lazer?

      Eliminar
  4. ...ao fim de semana só se anda a duas velocidades, tem calma, respira fundo estamos a meio do mês de Janeiro[risos]

    ResponderEliminar
  5. Desgosto-me quase sempre aos fins de semana.

    Beijos, Mau Tempo. :)

    ResponderEliminar
  6. Tu de mal com as palavras, eu com as formas.
    Ando a tentar rabiscar algo com significado e não me sai nada de jeito.
    Acho que a inspiração se foi com os trinta. Os quarenta vão ser lixados. Acho.
    Tu, ainda tens uns mesitos de prorrogação. Aproveita, Manel. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. será isso mesmo? a idade ou a falta de óculos...

      Eliminar
  7. As ideias têm essa mania esquisita de fugir se não as agarramos e fazemos nossas em palavras a servir de escritura de propriedade... as ideias parecem-me pouco domesticadas, as danadas. como a vida, sei lá. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. podia fazer criação de palavras... elas até devem ser bichos bons de se manter... como aqueles bois que andam no monte e voltam a casa ao entardecer...

      Eliminar

Enviar um comentário