arresto

Acho que estou a morrer mais rápido. Já não é aquela cadência que mal se nota. E para agravar, mais de cinquenta por cento das mulheres com quem me cruzei, tanto no caminho de ida como de volta, me pareceram lindas, mas mesmo lindas de morrer. Talvez seja da abcisão foliar ou desta névoa densa que torna tudo ainda mais belo, quase irreal. Mas também pode ter sido qualquer coisa que comi naquela festa. Metade não era identificável, no geral tudo tinha mau aspecto, mas o sabor ainda era pior. No entanto, e em qualquer dos sentidos da viagem, estava sóbrio. Pode então ser uma revelação. Toda a prosa e verso fica entendida como num milagre. Ouço as vozes dos poetas no arresto, os braços em torno do teixo áspero, o frio colado à pele na penosa despedida do mundo. 





Comentários

  1. Quando li o título, reportei-me a uma figura jurídica. Ainda bem que o conteúdo é bem mais poético.
    (Ainda na ressaca do Halloween?) :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sabes quando estás de ressaca mas achas que nem bebeste? é por ai :)

      Eliminar
  2. Sobrio - sob rio - acho que andas a afogar-te, nada afilhado, nada, que logo estarás na margem, que é o começo para ficares seco, pegar na pena e seguir em frente, escrevendo :-))

    ResponderEliminar
  3. Meu caro morrer mais rápido? Nada disso foi só a hora que mudou. Quanto às mulheres, bem, há dias assim são todas lindas.
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nã eram todas, mas seguramente mais de metade :) então concordas que era uma ilusão de óptica?

      Eliminar
  4. O Miguel tem razão, nós as mulheres, também temos dias assim, em que ficamos com os olhos virados à ramela e são todos lindos eheheheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. também pode ter sido ramela mal lavada... nã digo que nã :)

      Eliminar
  5. tens que ir ao oftalmologista ver das cataratas...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Procedimento de rotina. Livram-te da névoa num instante!

      Eliminar
  6. Sabe o que eu aicho sr Manel? Aicho que "perdeu-se" um belíssimo autor de romanceS,,, é o que eu acho! :)

    Os meuS lamentoS!! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o que nã falta são bons autores, aos quais nem chego aos calcanhares... às vezes nem os consigo ler de tanta inveja :D

      Eliminar
    2. :D que exagero, sr Manel! Bem que podia ter um, pelo menos, um libro, editado! :)

      Eliminar
  7. Ja eu, morro cada vez mais devagar. O que é uma grande chatice pois por este andar nunca mais renasço!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nã tou a ver jeito de renascer em coisa que valha... cansei de ser percevejo, centopeia, carapau e mosquito.

      Eliminar
  8. M M-T devias era escrever um romance.
    eu comprava e a seguir pedia-te um autógrafo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ando dias para mastigar meia dúzia de linhas... uma vida nã me chegava para um romance :)

      Eliminar
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  10. Ciganito, aiii … que até me arrepiei.

    Mas pensando melhor, não te preocupes com o acelerar da cadência. Há comprimidos para desacelerar, há xaropes, mezinhas, pachos e afins. Actualmente, sobrevivemos a tudo, menos à morte.
    Quando ela (te) chegar, essa coisa medonha, tão pouco te deves preocupar, parece que é mesmo fatal, dizem que não deixa sobreviver ninguém, é implacável, sem dó nem piedade.
    Eu não sei, que eu ainda não morri … acho eu …
    No entretanto, regala a vista, desfruta das memórias prazenteiras … e de tudo o mais que puderes … dessas 50% lindas de morrer, mas ai de ti que (te) morras, que me fazes muita falta!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. só estou meio espantado com a beleza... isto passa... para a semana já nem me lembro dela :)

      Eliminar
    2. Que te passe totalmente, também não acho boa ideia, porque então só ficas com as outras, as menos de 50%, as feias de morrer.
      Entre as lindas de morrer e as feias de morrer, a escolha parece-me óbvia. Morrer por morrer, então fica com as mais de 50% lindas de morrer.
      Emborca mas é as pílulas para desacelerar, mas toma só meia dose … não vá o diabo tecê-las.

      Ai se eu achasse mais de 50% dos homens lindos de morrer, eu era uma mulher perdida … :)

      Eliminar
  11. Eu acho que está é cada vez mais lúcido, há mesmo 50% ou mais de mulheres lindas.
    ~CC~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. mas é possível um aumento de lucidez com o aumento da idade... pelo menos dizem isso do juízo :)

      Eliminar
  12. Como eu te entendo, Manel!!
    Depois de uma 'certa idade', os dias arrastam-se quase sempre iguais e, não havendo nada de novo e belo a preenchê-los, parece que a vida se escoa mais rápido!
    Nem mais!! E assim sendo, tudo o que passa por nós nos parece mais bonito, por inatingível...essa é que é essa!!

    Beijos, Cigano lindo e valente! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tudo parece mais bonito, mas nã o sinto mais inatingível... é claro que nã vou pelo caminho a propor-me às 50% de mulheres mais bonitas, mas acredito que pelo menos uma haveria de gostar de mim :)
      e se pensar bem na questão dos dias iguais, está tudo na nossa cabeça... que até tive um dia diferente, fui a uma festa e tudo, só que eu é que estava igual :) se calhar temos é que mudar a visão dos dias e mesmo em dias igual, ver em todos algo de diferente :)

      beijos, Janita, se a chuva falhar, eu mando mais...

      Eliminar
    2. ...nos dias em que a minha visão da vida me parecer mais nebulosa e triste, irei lembrar-me deste teu subtil conselho, Manel: ver sempre algo de diferente nos dias que me pareçam iguais...

      Ah, o que eu gosto de ti, cigano!! :)

      Eliminar
  13. MMT, das duas uma, ou descobres o que comeste ou mandas para cá essa névoa densa... desde que torne metade dos homens com que me cruze lindos de morrer, já alegra a vista, até valeria a pena abrir os olhos assim!!... e sei lá dá assim uma qualquer esperança renovada na existência de beleza, mesmo que seja só da que passa pelos olhos. Era sempre uma experiência catita essa... não queres pensar nisso?
    ;)

    ResponderEliminar

Enviar um comentário