terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

haste

lembro-me que naquela manhã, as hastes dos pinheiros derretiam ao sol.


13 comentários:

  1. E agora, como que por milagre, continuam belíssimas,cobertas de neve.

    Beijocas, Stormy boy :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ouvi dizer que por esses lados até já andam de biquini :)
      beijos Tutu

      Eliminar
  2. ...e hoje: 'Quando a neve começa a derreter invade todos os nossos sentidos com o seu poder e a sua poesia, e deixa-nos sem palavras, e viciados...'

    Beijos, Manel Mau-Tempo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. podia ser o princípio da continuação :)
      beijos Janita

      Eliminar
  3. eu também derreto...isto não é tempo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. aqui já andamos todos em tronco nu, até as árvores... estão quase 7 graus... :)

      Eliminar
  4. O sol derrete a neve. Por aqui não há neve, vai derretendo os nossos corações. Poetico ein? :)))

    ResponderEliminar
  5. Afilhado, os dias têm estado lindos, um céu azulinho. Aparece aqui e além uma nuvem daquelas onde parece ver-se carneiros saltitantes - uma belezura.

    Beijocas da madrinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Voltei!

      Tu já viste o que a Janita te fez? Não? Então clica aí - lindo mesmo . TU mereces :-)

      http://francis-janita.blogspot.pt/2017/02/da-neve-e-dos-narcisos.html

      Eliminar