domingo, 29 de janeiro de 2017

undívago

Afago-lhe a cabeça no sentido do pelo, mas ela recusa abrir os olhos. Cheia de ronha faz-se morta aos pés do moço. Está um dia tão bonito lá fora e este desperdiça a juventude dele a dormitar até tarde, mas não adianta dizer-lhe que um dia as pernas vão-lhe faltar e se amargurara das horas que dedicou à preguiça. A fome salta para cima da cama, pisa o moço com elegância. A preguiça rosna-lhe baixo, mostra-lhe os comilhos brancos. Mas a fome não se deixa intimidar, procura outro ângulo de ataque, e com a língua de lixa, lambe a preguiça da cama. 

roubado daqui


28 comentários:

  1. será que é preguiça, ou falta de motivação?
    bom domingo, MM-T.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tenho tendência para nã notar as ausências... o que fazer quando nã há vontade de nada?
      bom domingo Mia

      Eliminar
  2. Dia bonito e não aproveitas? Não fosse o céu cinzento que vejo da minha janela e já teria saltado do sofá.

    ResponderEliminar
  3. A preguiça é bem fixe...aceita-a e usufrui!
    Abraço!
    P.s. Livros de código penal na prateleira também podem ser uma opção para acabar com a inércia. É só uma ideia.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. só se me atirarem com os livros à cabeça :)
      abraço, vou tentar rentabilizar o dia...

      Eliminar
  4. a preguiça é um direito constitucional...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. grátis só tenho arreliações, dores nas costas e publicidade na caixa do correio!

      Eliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A preguiça é como uma gata indolente, ou como uma vaga que vai docemente ondeando sobre nós...:)
      Hoje aconteceu-me o mesmo. Acordei às seis da manhã, achei que já tinha dormido tanto...mas era demasiado cedo para me levantar. Readormeci e sonhei que o meu gato preto tinha entrado no corredor e deitado um móvel ao chão e partido todos os bibelôs que lá estavam. Juro que isto é a mais pura verdade, Manel. Acordei e deixei-me ficar na preguiça tentando adivinhar o sentido do sonho. Nem o desejo de um bom café com leite e um croissint com mel me fez levantar...Quando me levantei eram quase 11H00...
      Sabe tão bem ficar na preguiça! Porque não aproveitar quando podemos?...

      Beijinhos, bom Domingo e boa semana, Manel Mau-Tempo!!

      Eliminar
    2. neste caso será como uma raposa, ou um cão grande... mas cada um tem a sua preguiça :)
      a fome é que é uma gata...
      esse gato preto é capaz de deitar móveis abaixo, ou só em sonhos?
      beijos, Janita, boa semana que do domingo já pouco resta :)

      Eliminar
  6. Desculpa ter eliminado o comentário, mas detectei um erro...no croissant...Lol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ehehehehe...que ficou lá, na mesma!!!

      Janita

      Eliminar
    2. entendia como estava, nã era preciso correcções :)

      Eliminar
  7. Acho que podemos permitir-nos ter alma de gato de vez em quando. Eu, foi o dia todo. Sem ressentimentos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tou cheio deles, dos ressentimentos, mas consegui dobrar meias, estender uma máquina, lavar a loiça e fazer o almoço de hoje e amanhã!

      Eliminar
  8. Quero responder à tua pergunta, mas as respostas lá em cima não abrem...não sei o que se passa.
    Só para dizer que o meu gato nunca passa da cozinha e, se estiver bom tempo até anda à solta cá por fora.
    Acho que isto dos teus sonhos ( a fingir) andam a influenciar os meus ( de verdade). :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. como se tem um gato que nã passa da cozinha? são óptimos aquecedores de pés :)
      um destes dias acusaram-me de provocar pesadelos, agora é sonhos... qualquer dia ainda me candidato a primeiro ministro :)

      Eliminar
  9. e a preguiça não será nunca objeto de que pena for :)

    ResponderEliminar
  10. Poucas vezes vi a preguiça retratada com tanta elegância, cigano. A preguiça é nossa amiga. Devemos acarinhá-la. Traz-nos sempre boas ideias!

    ResponderEliminar
  11. Gostei tanto.
    Eu não sou muito de fome, sabes? Sou mais de vontade de comer. O que é muito pior, acredita.
    Quanto à preguiça, é dos meus pecados preferidos, logo a seguir à gula. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. também gosto da gula, mas a preguiça impera, e às vezes só é vencida mesmo pela fome :)
      começo a pensar que só há dois pecados que valem mesmo a pena, tudo o resto é feitio...

      Eliminar
  12. Uma imagem simplesmente perfeita! =)
    beijinhos

    ResponderEliminar