quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

tanqueray

A minha avó deserdou-me e tu só sabes falar da má ressaca que tiveste na semana passada, no jantar de natal da empresa. Queimei o arroz e tu continuas a bater na mesma tecla, vinho tinto e gin, péssima combinação. Consigo ver o contorno da aréola na transparência da tua camisa e tu descreves em pormenor os pedaços de canapés que vomitaste. Já não sei há quanto tempo não bebo até esquecer, há quanto tempo não fodo até cair para o lado, há quanto tempo não sinto calor humano. Queria ter segurado a tua cabeça na beira da sanita, afastado os teus cabelos dos salpicos, fazer-te chá e dizer-te que ias ficar bem, e no dia seguinte, não te deixar ir trabalhar com a camisola de pijama. 


17 comentários:

  1. Às vezes, a vida é merdosa. Ainda bem que é só às vezes!
    Nós, que te lemos, queremos-te feliz, ouviste?

    Beijos, Manel das tempestades :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. és uma querida, mas tou sempre feliz, mesmo quando estou triste :)
      beijos Tutu

      Eliminar
  2. não queres vir aqui dar umas horinhas? começo a não gostar dessa aí...
    (bateste na tua avó?)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. claro que nã bati na minha avó, que ideia mais rebuscada é essa? :)

      Eliminar
    2. (olha que realmente aquela das horinhas, saiu-me mal...mas era para aquela parte de segurar a cabeça...valhamedeus...)

      Eliminar
    3. nem comentei essa parte... nem sabia o que dizer... dar umas horinhas...
      :)

      Eliminar
    4. as empregadas de limpeza dão horinhas, por exemplo :)

      Eliminar
  3. Vês, Manel, a nossa tendência para pensarmos que os nossos problemas são sempre maiores...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nã me importava de ter sempre os menores... dos problemas, claro...

      Eliminar
  4. Canudo, Manel! Há tanto tempo que não fazes tanta coisa que o melhor é ir pensando em arranjar outra namorada!!
    Credo, essa é muito despegada, não é?

    Um abraço; imbuído do melhor espírito natalício que consegui encontrar. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Feliz natal Maria Antonieta, meias cheias de coisas boas :)

      Eliminar
  5. Sr Manel, to cheeeiia de peninha!!! :)))
    Eu dir-lhe-ia .... que poderia se arranjar uns garrafões ... e muita conversa e desconversa também! Quando ao resto,,, já não sei .... se fazia faísca, ou não!!! :))))

    Valham-me os santos se isto são coisas que se escrevam !!!! Nem se quer o conheço.

    Desculpe qualquer coisinha! :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a senhora dona Flor está a propor que dê umas horinhas? tipo a segurar a cabeça e coisa e tal... ver se faz faísca... :)

      Eliminar
    2. Beber até esquecer! O resto não sei! :)Se haveria química para o calor ... humano.
      Mas também nā sei se estava a propor!!!! :))

      Eliminar
    3. neste momento basta-me beber até aquecer, mas vamos nessa, senhora dona Flor :)

      Eliminar
  6. Então, vamos sr Manel. :)
    Temos que agendar e mandar a moeda ao ar, onde vai ser união do copo! :)

    ResponderEliminar