segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

ostra

Gelado de morango grátis e lama nos pés.
Nos meus sonhos, ainda somos almas gémeas e partilhas sussurros ternos ao ouvido. Os teus seios roçam por mim. Não entendo uma única palavra, mas é como o primeiro de muitos dias de calor. Dias grandes de erva alta, correntes límpidas, sangue nas veias.
Acordo e não há céu.



James Franco

26 comentários:

  1. Tu és uma pérola, e pérolas, não são para porcas :=))

    Troca de sonho, sonho diferente e mais alto

    Beijinho de madrinha

    ResponderEliminar
  2. Como assim, não há Céu? Isso é que há! Olha melhor! Vais vê-lo não tarda nada!

    Beijocas, Stormy boy :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. juro que nã havia, naquele preciso momento, não havia ali nada :)
      beijos Tutu

      Eliminar
  3. Bom dia sr Manél! Se eu sentisse ou sonhasse, que era alma gêmea de alguém ... não desistia tão facilmente.
    Veja lá sr Manél, o que é que o sr Manél faz a sua vida! :)

    Boa semana, sr Manél!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enquanto ela nã devolver a chave, também nã desisto :)
      Bom dia Senhora Dona Flor, tem de dormir mais, sonhar mais, só assim se conseguem sonhos destes :)

      Eliminar
    2. O sr Manél fez-me pensar mais 5 minutos no assunto. E, sono tem sido suficiente, só que passo o tempo todo na enfermaria, daí ... "não tenho tido sonhos" não chega ao consciente.

      :)

      Eliminar
    3. essa enfermaria é como o gelado de morango grátis ou é das reais?

      Eliminar
    4. Provavelmente tenho tido sonhos mas, não me lembro. Quando me deito e durmo, vou para uma enfermaria, cuidar ... no que não se vê. Não me lembro de nada. :)
      As ideias que uma pexõa vai buscar. Só porque nā me lembro dos sonhos. E almas gêmeas então, estão mais longe que os sonhos, se é que me entende! :)) Estou em completo preto e branco mas, nem tudo é mau, mudei de ginásio! :))) Mais aulas, Spa, banho turco .... etc etc. :)
      Um dia de cada vez sr Manél, sem tropeços no arco-íris.
      Cinco dias antes e cinco dias depois ....a Lua Cheia é poderosa, dia 14. :))

      Eliminar
    5. acho que me lembro mais dos sonhos que a maioria das pessoas, pelo menos quando os conto, as pessoas ficam admiradas com a quantidade de pormenores e acontecimentos... por isso, se calhar como esqueço muito, as outras coisas, lembro muito bem dos sonhos, e a senhora dona Flor se calhar é ao contrário :) dia 14 é já amanhã, boa lua :)

      Eliminar
    6. Normalmente tambem me lembrava dos sonhos. Há qualquer problema, quando eu não souber ... De mim, ninguém sabe! :)

      A Lua cheia é uma altura propicia a confusões. É preciso muita calma, nesses dias. :)))

      Eliminar
  4. talvez com o adiantar do dia, a reflexão possa ser mais positiva.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nã haver céu nã é assim tão mau, pelo menos na minha perspectiva... bom dia Mia

      Eliminar
  5. wow. se eu tivesses sonhos destes, preferia, de facto, não acordar.


    Mas... espere lá, menino Manel... então... mas... não prefere dias de chuva e mau tempo?
    Como é que me vai comparar um momento desses - para lá de bom - ao 'primeiro de muitos dias de calor'?
    Explique-me lá.

    É que, isto assim, uma pessoa fica baralhada.

    ;p

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ai Menina Moustache, nã quero que fique baralhada, mas houve alturas em que o fim da escola coincidia com o início do calor, e isso fez com que a memória daqueles dias fosse das melhores. Nos sonhos viajo constantemente entre o passado e o futuro :) dai o gelado e a lama.

      Eliminar
  6. e o gelado de morango e lama nos pés?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) o gelado de morango foi uma situação estranha. estava a passar numa rua onde já morei faz muito tempo e a mercearia estava aberta sem ninguém lá dentro, e então tinham uma arca e uma embalagem de gelado de morango self service, com colher e tudo, e eu servi-me, directamente da caixa, o meu favorito pensava e depois comecei a ponderar se aquilo era normal e que os donos podiam voltar a qualquer momento e nã era muito normal eu estar ali a comer com a colher que se calhar alguém antes tinha estado a usar... e fui embora. a lama, foi um pulo maior até à adolescência, mas eu era igual, os meus pais é que ficaram mais novos, é muito estranho, e então tinha os pés cheios de lama e andava a limpar uma entrada de garagem, mas ficava sempre tudo com lama porque nã saia dos meus pés :) se isto faz algum sentido.

      Eliminar
  7. Ah cigano, que gelado tão bom que cozinhaste neste post.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a Capitã exagera :) e deixa-me da cor do gelado. obrigado.

      Eliminar
  8. (Às vezes dou por mim a querer que andes sempre assim inquieto, só para nos dares coisas destas. É egoísta mas inevitável. Lamento)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. fui ler o que escrevi o ano passado por esta altura, e a situação era idêntica. começo a achar que sofro do síndrome do abandono antes do natal...

      Eliminar
  9. E desiste-se assim só porque não há céu? As nuvens estão a escondê-lo mas amanhã aí está ele de novo Manel, Arrebita :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nã é desistência Maria, nã haver céu pode ser uma metáfora para nã haver limites :)

      Eliminar
  10. Há sempre céu. Pode é apresentar-se com tons diferentes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. vocês nã se acreditam, mas já vi tudo sem céu :)

      Eliminar