sábado, 10 de dezembro de 2016

hibernar

Por volta das seis começo a abrir a boca, mas o cansaço vem assim que me levanto e vai comigo no autocarro. Todos os dias atraso o despertador sem dar por isso e atraso-me para o trabalho. Não leio, não escrevo, rendo-me à cama, ao sono e todas as horas parecem não ser suficientes para sonhar. É como se o corpo tivesse decidido hibernar, entrar num estado de adormecimento, desligar. A cabeça está mais pesada, o cérebro engordou durante o outono, as pálpebras cobertas de chumbo, acabei de bocejar.



15 comentários:

  1. Nesse caso, leva lá uma cantiga de embalar:

    https://m.youtube.com/watch?v=E8Ekec42E98

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. estava a ouvir isto https://www.youtube.com/watch?v=liTSRH4fix4

      Eliminar
    2. Por coincidência, cigano, passei a manhã inteira a aprender a tocar uma parte do nocturno op. 9.2 !!!!

      Eliminar
  2. Sr Manel anda acobrantado?! :)) ou ... elas andam a cansa-lo muito, as vizinhas!?! :)) ou ainda:)) falta de paixão !!!! :)) e nā me apetece supor mais!!! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sei lá que lhe diga Srª Dona Flor, pode ser uma maldição :)

      Eliminar
    2. Veja lá isso, sr Manel, há remédio para quase tudo ... ! :)
      Huummm isso pode ser una fase ... só!

      Continuação de bom fim de semana, sr Manel!

      Eliminar
  3. Manel, quem me dera ter só um pedacinho desse sono de que falas...

    ResponderEliminar
  4. :D Não sei se foi coincidência ou não, Manel. Mas leio este teu post e parece-me vir tão a propósito, no seguimento de uma troca nossa de comentários, lá no meu casebre.

    Para concluir, só me resta acrescentar que ando mais ou menos como tu. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É bem capaz.
      Mas eu - a moça dita pessimista - prefiro, hoje, acreditar no contrário. :)

      Eliminar