sexta-feira, 11 de novembro de 2016

undécimo

Quando vinha no autocarro senti uma pontada no ouvido. Uma otite! pensei, afinal também apanho disso, e essa ideia deixou-me com um sorriso verdadeiramente estúpido, mas não durou muito. Fui ver e afinal era só uma borbulha. 
Depois lembrei-me que amanhã é feriado e vou dormir até mais tarde. E o sorriso voltou, seguia a meu lado, pelo caminho, espelhado na janela. O dia da independência da Polónia, recuperado em 1918, no final da primeira guerra mundial. O Dia do Armistício. Na "undécima hora do undécimo dia do undécimo mês".

Gavrilo Princip, o estudante sérvio que assassinou Franz Ferdinand




Já passaram dez dias desde a última vez que a vi. Amanhã é o undécimo.


22 comentários:

  1. acho que é unterço do mês também...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. precisava que já fosse menos de umeio do mês...

      Eliminar
  2. Festeja. É a tua independência - não te merecia :=))

    Beijocas afilhado mailindo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Festas! Isso sim, é o que faz falta para animar a malta :)
      beijos madrinha

      Eliminar
  3. ando que não posso com gente romântica: tu, Stormy, a Cuca Laruca, etc.

    (não há paciência :P)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. pudera, só eu é logo uns 100 quilos... e sem ego. Já a Cuca, depois daquela odisseia das purpurinas... com ela já deves poder :D

      Eliminar
    2. Alexandra, vou escrever um post ultrameloso só para ti!

      Eliminar
    3. Stormu, Cuca Laruca,

      eu, que (tb?) estou apaixonada, equilibro-me com pequenas coisas...

      essa vossa exigência precisa de um shot de pequenos empurrões (é o que tenho andado a fazer, mas parece-me que já perceberam isto muito bem, camuflando o entendimento com doses generosas de, vejamos, vocês bem sabem :)

      Eliminar
  4. Manel, não queiras provar otites... são miúdas muito chatas, acredita. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. queria qualquer coisita, para sentir que estou vivo... entendes?

      Eliminar
  5. Respostas
    1. queria muito uma otite, já pedi ao pai natal, mas este ano não estou com grandes esperanças...

      Eliminar
    2. espero é que não tenhas pedido das agudas, xiça.

      Eliminar
  6. Longe da vista, longe do coração. E dos ouvidos. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. isso num universo paralelo onde ainda nã inventaram o telemóvel :)

      Eliminar
  7. é a undecima vez que venho cá...na procura de um novo post.:)
    anonima

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. de cada vez que tento... mais difícil me parece

      Eliminar
    2. falta de inspiração? A lua não te inspirou?
      eu fiquei toda inspirada com ela.
      anonima

      Eliminar
    3. convoquei rebanhos de nuvens só para nã a ver...

      Eliminar