domingo, 27 de novembro de 2016

Paterson

Antes eu não vivia numa gruta. Numa outra era, numa galáxia distante, eu não perdia uma estreia. Eu sabia o nome dos realizadores do momento, dos actores que recebiam óscares, eu era uma agenda cultural com pernas. Assistia a tudo o que se fazia nas proximidades, desde música clássica, até grupos folclóricos, bandas filarmónicas. Não faltava às exposições temporárias, não perdia um festival de música ou gastronómico, feiras, romarias, encontros. Até a ensaios de um grupo de teatro eu conseguia ir. Assisti a bailados, óperas, números de circo. Visitava todos os museus, viajava para visitar museus. Eu comprava livros novos. Todos os que eu queria, sem olhar para o preço. 
Mas os tempos mudaram, a falta de dinheiro tornou-me esquisito, requintado. Escolho gastar o pouco que consigo desviar para algo realmente muito especial. Tem de ser mesmo muito bom. Tem de valer aquele sacrifício. 
Neste momento não tenho nada em mente. Talvez no próximo mês, ou no próximo ano, dê um salto ao cinema para ver um único filme. O cinema ainda é mais ou menos acessível. Mas um filme que realmente seja visualmente apelativo e que valha o dinheiro de o ver num ecrã grande. Mas enquanto não me decido, deixo aqui algumas das minhas escolhas para os próximos meses. Só cinema. 
Como diria o Lauro Dérmio "let's look at the trailer"!

Paterson, novembro de 2016
categoria: comédia, drama
mais valia: condutor de autocarro poeta. 


Sing, dezembro de 2016
categoria: animação, musical e comédia 
mais valia: banda sonora, porcos e marsupiais sem cauda.

Assassin's Creed, janeiro de 2017
categoria: acção, fantasia
mais valia: Marion Cotillard, Jeremy Irons, inquisição espanhola, filmes baseados em jogos 


Fragmentado, Split, fevereiro de 2017
categoria: thriller
mais valia: M. Night Shyamalan, 24 personalidades, James McAvoy


Valerian and the City of a Thousand Planets, julho de 2017
categoria: ficção científica
mais valia: Luc Besson... e a Rihanna 💘


24 comentários:

  1. Respostas
    1. às vezes os trailers são melhores que os filmes, mas é esperar para ver :)
      ainda bem que gostaste :) foi a pensar em vossa excelência!

      Eliminar
    2. (raios te partam, cigano! estou no youtube a ver trailer há mais de 15 minutos...)

      Eliminar
    3. eu sei o que isso é, passei lá a manhã...

      Eliminar
  2. Respostas
    1. como é que achas que os vejo? :)
      mas há sempre alguns que valem a sala de cinema, certo?

      Eliminar
    2. isso é uma série, certo? ainda nã... preciso de tempo para séries :)

      Eliminar
  3. Manel, também já tive os meus tempos de "escrava da agenda cultural" :)
    Gostava de ver o primeiro!

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tem vantagens e desvantagens... mas a arte faz falta, ver outras coisas, sentir, ouvir, faz falta...
      queria ver todos hoje :)

      Eliminar
  4. Parecem-me todas boas sugestões. E aqui fica uma pessoa com vontade de ir ao cinema.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. às vezes tenho de mandar a tripulação amarrar-me ao mastro :D

      Eliminar
  5. 3º, 1º, 2º, 5º e 4º.
    mas alinho ver primeiro o 1º. vamos vê-lo todos ao mesmo tempo? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. estou à espera do Assassin's Creed desde o início do ano :)
      o primeiro, Paterson, a data de estreia é contraditória, em alguns sítios li que já estreou na Alemanha, noutros diz em Dezembro, ou Janeiro de 2017... vamos esperar para ver :)

      Eliminar
    2. (não vou ao cinema há seis anos :))

      Eliminar
  6. Ontem fui ver "O Herói de Hacksaw Ridge". Gostei.
    Já tinha saudades de ir ao cinema.

    Boa noite sr Manel, boa semana! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a última vez que fui ainda estava calor :)
      já ouvi falar, vou estar atento na pirataria :) boa semana Srª Dona Flor

      Eliminar
  7. tantos pontos em comum, mas não chegariam para aquele exercícios, esses sim, de facto gratificantes, como oferecer a uma criança um livrinho de pontilhados a traçar.

    estou com a Miss Smile (tanto para aprender... :)

    ResponderEliminar
  8. alguns já faziam parte da lista.
    mas vou anotar. :)

    ResponderEliminar
  9. Nunca tinha pensado na seleção natural pelo prisma da insuficiência de recursos. Isso acaba por ser uma mais valia!!!

    ResponderEliminar