segunda-feira, 10 de outubro de 2016

treze

Esta semana o livro de reclamações atingiu um novo máximo. Pelo menos duas leitoras queixaram-se do nível elevado de lamechice registado nos últimos meses, e com razão. É lamentável e desde já apresento as mais sinceras desculpas, podendo no entanto garantir que estou a trabalhar arduamente no sentido de melhorar o conteúdo deste espaço. Ainda assim, julgo que a participação de todos é absolutamente indispensável, e conto principalmente com o apoio da ala feminina na próxima quinta-feira, 13 de Outubro, em que se comemora mais um dia sem soutien. Caras leitoras e mulheres por esse mundo fora, em particular as que vivem nas imediações, façam-me feliz, pelo menos durante um dia. Obrigado.




13 comentários:

  1. Claro que tinhas de ser tu a lembrar...
    Manel, já sabes o que penso sobre isso :)

    ResponderEliminar
  2. Primeira visita e deparo-me com pedidos destes! Ainda bem que alguém nos informa das datas importantes!
    Boa semana e bom dia 13

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. que rica primeira impressão :|
      isto nã é para ser levado a sério e há um livro de reclamações... normalmente o tom é mais lamechas, mas nã sei o que aconteceu...
      boa semana :)

      Eliminar
  3. Respostas
    1. :) de certeza que vai ser... uma loucura... mal posso esperar...

      Eliminar
  4. que susto...ver uma mulher em minha direcção com cara de má e com as maminhas de fora...tipo doida... que susto! apeteceu-me fugir:)
    anonima

    ResponderEliminar
  5. Não percebi nada, Manel.
    Desculpa dizer-te. Mas, para mim, a bota não bate com a perdigota.
    O que raio o teu excesso de lamechice (também reparei. vais ser riscado da nossa lista dos insensíveis-unidos, sabias?) tem a ver com mamas ao léu?
    Como será que a segunda pode curar a primeira?
    Explica lá, vá. Tintim por tintim.
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. mamas ao léu? quem falou em mamas ao léu??? :)
      ninguém falou em mamas ao leu... eu nã falei em mamas ao léu... falei sem soutien... que é diferente... acho eu :)
      a segunda pode curar a primeira porque alguma felicidade alheia pode ser o que preciso neste momento para diminuir aquele excesso de lamechice... como é que mamas sem soutien me fazem feliz? gosto do balançar, da textura... pronto... foi uma ideia
      nã vai pegar... mas tentei...
      dia 13
      quinta-feira
      era giro

      Eliminar
    2. Ups... as minhas mil desculpas. Uma coisa é uma coisa. Outra coisa é outra coisa (apesar de uma não invalidar a outra e até poder complementá-la). Eu é que me entusiasmei. :p
      Ahahahahahahah! Gostei tanto dessa tua explicação da felicidade na ausência de soutien. És cá uma peça...
      pega pois... fizeste bem...
      amanhã
      isso
      também acho

      ;)

      Eliminar
  6. eu adiro ao movimento 'não ao aperto'!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dia sem apertos! parece-me bem :) conta comigo...
      nã aperto o casaco, nã aperto as calças... nem o cinto...
      :)

      Eliminar