domingo, 8 de maio de 2016

wok

Impressiono-me quando vejo sangue. principalmente o meu. Quem me quiser ver a perder os sentidos, só precisa falar-me da sua mais recente operação, ou mostrar o conjunto de vários pontos. Quanto mais frescos, melhor. Sim, é garantido. Uma vez acompanhei um colega que tinha rompido os ligamentos num jogo, estava lá outro fulano aos gritos porque lhe estavam a meter o ombro no sítio. Comecei a ficar branco, o coração desatou a bater, as pernas bambas. Já conheço os sintomas, procurei um sítio livre para me sentar (ou para cair) e assim que avistei uma senhora com aquela farda esverdeada, implorei-lhe por um pacote de açúcar. Ela riu-se, de certeza que contou às colegas, está ali um calmeirão que vai desmaiar, mas trouxe-me um chá que seria 80% açúcar. Abençoada. É automático, volto logo ao normal (ou quase normal). Ossos expostos e ferros a saírem da carne é outra coisa que mexe comigo. 

Wok é uma daquelas frigideiras abauladas. A que tenho aqui é bem grande e pesada e acertou-me na cabeça quando o parafuso onde estava pendurada, cedeu. Talvez atraia este tipo de acidentes. Lembrem-me de vos contar como dei um choque a um cavalo, e como entalei o meu próprio dedo na janela do carro. E foi isto, o wok acertou-me e imaginei logo um grande lanho a jorrar sangue. Mas foi só um "galo". O quanto não vale ser cabeça dura.

já ando à procura de um destes, mas parece que estão esgotados.

26 comentários:

  1. eheheheheh
    Tens um galo, que vai cantar à meia noite?

    Olá afilhado mailindo quinté

    ResponderEliminar
  2. Desmaiar por ver sangue é uma característica tipicamente masculina :)

    Conta lá isso do choque ao cavalo...

    ResponderEliminar
  3. Só há uma coisa que ainda hoje me impressiona depois de tantos anos nestas lides da saúde... o grande queimado. O cheiro a churrasco, a carne humana queimada é único e aterrador (para além da visão de tudo obviamente). Ainda hoje é algo que me impressiona e faz tremer. Temível mesmo. Agora sangue... búúú isso é para meninos.

    Beijinho Manel tempestades

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. quase desmaiei só com a tua descrição... nã faças isso, sou muito sensível :)
      beijos AC

      Eliminar
    2. Eu sou uma grande queimada. 60% do corpo. Não me lembro se cheirei a churrasco.

      Eliminar
  4. Mesmo assim ficaste com um 'ganda' galo. :)

    Manel, às vezes penso nisso de as pessoas desmaiarem por ver sangue... Julgo que por razões óbvias não acontece com as mulheres... Ou será que também as há?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nã sei, os poucos que conheço tb são gajos... será alguma avaria?

      Eliminar
  5. Sempre disse, os gajos são muito mais sensíveis do que nós gajas. Mas nem toda a gente acredita em mim. ;)

    Também me acontecem coisas, no mínimo chatas, por causa da minha veia despistada. Fechei a porta de dois carros no meu polegar. Alguns anos passaram entre os dois acontecimentos. A minha distracção, essa, continua a mesma. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. acho que é uma avaria... um fusível ou assim :)

      Eliminar
  6. tenho cá para mim, que te fez bem...

    ResponderEliminar
  7. Pronto, agora deixa de ser polvo e vira galo! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. isso agora... se já há quem me queira na brasa, galo era logo de cabidela! e eu nã me dou muito bem com sangue :)

      Eliminar
  8. Agora tens de arranjar uma galinha para fazer companhia ao galo, coitado. Um macho precisa sempre de uma fêmea para o proteger eheheh

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. fui contra o vidro separador num restaurante, talvez o mês passado, já tenho galos e galinhas que chegue :)

      Eliminar
  9. Uma das minhas irmãs também é assim (quanto a sangue, descrições, etc.)
    as melhoras do galo...

    ResponderEliminar
  10. Há um escafandro desses no amplo sótão da hospedaria, tropecei neles há uns tempos (quando adquiri a casa ficaram por lá os pertences do velho mergulhador que a ocupou durante décadas :)

    Isso do sangue domina-se (creio que, numa situação extrema, até uma pessoa como tu perderia o medo, se tivesse mesmo que ajudar)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. se precisar, enquanto o sangue está quente... mas depois :) depois é tipo, volto já e desligo.

      Eliminar
  11. :))

    Desmaias quando vais tirar sangue? :)

    (pergunto pois o meu irmão desmaia)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o truque é olhar para o lado e pensar nas curvas de uma enfermeira :)
      há outro truque, um algodão molhado na testa... mas só serve para distrair a vítima :)

      Eliminar