quinta-feira, 5 de maio de 2016

bekväm

Diz-me o que fazíamos ali diante daquele falso terraço baço, ladeado de artificiais canteiros de plástico muito quietos, sem insectos e os tecidos das cadeiras imaculados, sem mordeduras do sol ou deformações do peso dos corpos? Que papel desempenhávamos naquela cozinha estranha, abrindo armários e gavetas que nunca seriam nossos, camuflados por entre os outros casais que tiravam medidas dos móveis e recriavam orçamentos, depenados até à medula? Como foi que me arrastaste para ver as camas se nunca dormimos juntos e depois teimaste que cabia no chuveiro, apesar da largura ser a dos meus ombros e de me teres dado a ideia que lá entrarias comigo? 
Desde quando é que este sofrimento te enche de prazer? 

daqui

21 comentários:

  1. Foste ao IKEA? :)

    Olha pode ser que ainda tudo se concretize, às demora mas acontece :)

    Beijoquinhas invejoso do sol

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o sol, esse malfadado ladrão de forças e vontades! E de moças mancas...
      o ikea é uma excelente fonte de novas ideias... todas parvas, mas o que interessa é a novidade. beijos :)

      Eliminar
  2. Hummmm
    mas....
    Hummmm, pois tábenhe

    Boa tarde afilhado :)

    ResponderEliminar
  3. Manel, mas tu agora estás nas nãos duma masoquista?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como eu entendo essa coisa do masoquismo, sr Manel ... mas chega o dia, que é melhor estar desapaixonada completamente. :)
      Bom fim de semana sr Manel.

      Eliminar
    2. estou à espera que chegue o dia... vou apontar na agenda :)
      boa semana Florzinha

      Eliminar
    3. O tempo tudo leva, sr Manel.
      Boa semana para o sr Manel também. :)

      Eliminar
  4. foste ao IKEA????? estás apanhado...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. isso faz parte de um manual?
      gostaria que fosses um pouco mais explicita... e se nã for maçada, podias dar alguns exemplos... sou novo nesta coisa do ikea... obrigado.

      Eliminar
    2. ups...já cá não está quem falou...mas IKEA, Manuel?...vais t'ajuntar?

      Eliminar
    3. infelizmente nã... mas comprei um bule :)

      Eliminar
  5. Respostas
    1. sou o guru da calma :) há quem pense que ando sempre no xanax.

      Eliminar
  6. O sofrimento é um lugar estranho! Pisga-te de lá enquanto é tempo! E se tiveres tempo, faz uma pausa para tomar um café!
    Abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é isso, um lugar estranho onde parece que gosto de estar :|
      um abraço de oito braços.

      Eliminar
  7. Talvez o Ikea não seja o sítio certo para ir - só vende módulos flexíveis e independentes...

    ResponderEliminar
  8. Tem de se esgotar tudo até à última gota, até o masoquismo, para se recomeçar, digo eu que nem percebo nada dessas vidas. :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. vamos atão esgotar... a ver até onde isto vai :)

      Eliminar