quarta-feira, 20 de abril de 2016

ilíaco

Talvez esteja a perder o juízo. Nunca foi muito, mas depois do sonho de hoje, desconfio que comecei a deixá-lo no bolso descosido. Tinha saído do banho, o turco apanhado na crista ilíaca e era tudo muito real, o quarto, a claridade, a cama desfeita. Apesar do insólito da cena, nunca desconfiei que se tratava de um sonho. Estava a secar-me e reparei numa madeixa de cabelo escuro que se prendera na toalha. Eram longos, uns cinquenta centímetros, e negros, ondulados, e lembro-me de pensar que não podiam ser meus, no entanto eles pareciam nascer no fundo das minhas costas, e quando puxei toda a madeixa, reparei que não eram só cabelos, havia algo mais rijo no meio, esguio, com o mesmo comprimento: uma cauda. Sim, eu tinha não uma, mas três caudas de ratazana envolvidas em cabelos que saiam do fundo das costas. E é isto. Focas no chá, caudas de rato... 


46 comentários:

  1. desde quando deixaste de ser sensível à beleza em teu redor?
    (e, quem diz beleza, diz sanidade...)

    não sei onde vives, mas existirá também aí, decerto :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. vivo numa redução de uma dimensão que penso ser minha apenas por engano :)

      Eliminar
    2. tens todo o ar de ser criatura gulosa; quando quiseres, passo-te uma receita de bolo de canela (que não é minha) coberto com redução de licor de café e pinhões, muito minha (a minha única intervenção boleira, até à data, mas a causa era justa: a porcelana vendeu-o às fatias, aos profs., para ir viajar com os amigos, pela primeira vez :)

      Eliminar
    3. nã prometo a parte da redução, mas se passas, eu aceito :)

      Eliminar
    4. terás que pedir com muito jeitinho :)

      Eliminar
    5. sou um às a pedir com jeitinho :)

      Eliminar
    6. Bolo de canela? Trago um licor de receita familiar e abanco aqui, com os dois. Sempre posso dar-te na cabeça juntamente com a alexandra e fazer-te deixar essa coisa das caudas.

      Beijocas, miúdo :)

      Eliminar
    7. nã quero caudas... prefiro o licor e o bolo! abanca sim, nã falta espaço... eu trago-me a mim, na falta de melhor :)

      Eliminar
    8. amanhã trago a(s) receita(s).
      o melhor do mundo é esperar (nem que seja naquilo de colocar profs. gulosos em fila :P)

      Eliminar
  2. Fui pesquisar o que significaria sonhar com ratos. Interessante o resultado.

    Boa noite afilhado
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nã te acredites nisso que dizem dos sonhos... nã há qualquer explicação:)

      Eliminar
  3. Que sonho escabroso, sr Manel. Diria mesmo um pesadelo.
    Esse sonho é muito desassossego na sua cabeça.
    Focas no chá, não é mau de todo! :) Agora ter caudas de ratos e cabelos!
    Sr Manel pense em harmonia e tranquilidade, talvez ajude.
    Continuação de boa semana
    Florzinha

    ResponderEliminar
  4. ahahah (desculpa!)
    Que medo! odeio ratos.
    Bom dia Manel

    ResponderEliminar
  5. Manelito, isso foi um tremendo de um pesadelo, credo.
    Até se me arrepiaram os cabelos.
    Tens que beber um chá antes de dormir, mesmo que venha com focas. São mamíferos dóceis que fazem umas gracinhas habilidosas, e sempre te relaxam.
    Beijo moço :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim, prefiro as focas que as caudas:) vou tentar o chá, beijos

      Eliminar
  6. Dizem que não descansamos nem dormimos como deve ser quando nos lembramos dos nossos sonhos. Bebe chá de camomila e deixa as focas em paz :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. mas lembro-me sempre de um ou outro sonho, alguns são muito agradáveis, a foca no chá nem foi muito mau :)

      Eliminar
  7. ui. um nadinha medonho, esse sonho.
    com muito de cinema.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ao lado... diria que é muita ficção científica... mas muito de livros :)

      Eliminar
  8. teremos por aqui um novo Gregor Samsa?...

    «Certa manhã, ao acordar após sonhos agitados, Gregor Samsa viu-se na sua cama, metamorfoseado num monstruoso insecto.»

    Kafka

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ehehehehe, nunca vi um rato com 3 caudas... mas com o evoluir da ciência... nunca se sabe :)

      Eliminar
  9. Manel, para já não são animais de grande porte...
    (Fizeste-me sorrir e isso é muito bom!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. afinal era essa a função do sonho estranho :D quem diria

      Eliminar
  10. Estranho... Mas "prontos".
    Cada um sonha com o que quer... Ou com o que pode...
    ;)

    ResponderEliminar
  11. Deixa o juízo escapar, à vontade, por entre o bolso descosido.

    Os loucos são os mais felizes, dizem.

    ;)

    ResponderEliminar
  12. Respostas
    1. :) sim sim, já me disseram... mas fazer o quê?!

      Eliminar
  13. Acho que andas a ver muitos filmes de terror. A partir de agora só histórias da Disney ok?
    Se bem que uma cauda até desse jeito por vezez :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sempre dava para perceber o que a pessoa está a sentir... tipo os cães... nã?

      Eliminar