sexta-feira, 15 de abril de 2016

fuga

A photo of Inky the octopus prior to his escapee é isto

25 comentários:

  1. Respostas
    1. algures no pacífico... está lá o link da noticia :)

      Eliminar
  2. se estás a pensar pirar-te para o tacho, devo advertir-te que o futuro de tamanha decisão não é o mais risonho, pelo que, muito seguramente, estarás melhor rodeado por estas bandas do que por uma cebola (que determina o tempo da cozedura).

    claro que, se é para seres assado, a coisa muda de figura, e aí já não me pronuncio :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o polvo fugiu do zoo... e anda algures a monte no pacifico.

      Eliminar
  3. Às vezes dava jeito...
    Para longe...
    Sem retorno...

    ResponderEliminar
  4. E esse tom de azul, de onde é que vem? Foi do tratamento anti-caspa? :)

    ResponderEliminar
  5. Que olhar tão sexy! As lulas devem estar todas afogueadas!! :P

    ResponderEliminar
  6. Relembro que adoro arroz de polvo com filetes do mesmo :)

    ResponderEliminar
  7. A Nova Zelândia é um sítio bonito quando encontrares à guas portuguesas cá estaremos para te receber.

    Ps. Quem era a Polva que estava no aquário contigo e tiveste que deixar para trás?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ainda estou longe... qual polva? nã sei do que falas!!!

      Eliminar
  8. O menino perdeu a tinta, foi? Conheço uns tinteiros de choco, mais baratos...
    Está giríssimo com essa maquilhagem, Sr. Houdini, não se esconda mais, saia lá do limbo, o purgatório é que é bom , não vê?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. a tinta nã tem sido problema, os tentáculos fervem diante da página em branco, é escusado... nã sai...

      Eliminar
  9. estás muito apetitoso...temo pela tua vida, quando saíres do limbo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :) obrigado... um gajo precisa ouvir de vez em quando um elogio...

      Eliminar
  10. Habemus polvo à lagareiro ou ainda não? :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. infelizmente nã será desta... mas a continuar, mata-se o polvo e faz-se filetes.

      Eliminar