domingo, 14 de fevereiro de 2016

vulcões

O estudo mais aguardado do ano... "Mamas que Apontam para o Céu, Novas Evidências Científicas".

Para aceder ao artigo completo, abrir aqui, ou aqui, por vossa conta e risco.










60 comentários:

  1. Eheheheheh. Haja variedade!

    Beijocas, miúdo das tempestades. :)

    ResponderEliminar
  2. Confessa que foi isto a causa desses olhos esbugalhados!!! 😈

    ResponderEliminar
  3. Foste tu que me meteste a sónia em casa? :))

    Fiquei a pensar quem não tiver maminhas que se encaixem nestas categorias o que faz? Os vulcões realmente são as mais parecidas com o apontar para o céu

    Amanhã publicas o resto, certamente isto é só para abrir o apetite das senhoras :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ela disse que estava farta de cá estar, se calhar viu-te, sem pijama e lá fi ela :)
      coloquei um link na palavra artigo mas já estou a ver que só funciona comigo...

      Eliminar
    2. a sónia também esteve por cá...das 4 às 6... e um calor de morrer...

      Eliminar
    3. Acordei agora! Pega na Sónia para ti, irra! Viu o temporal e meteu-se cá em casa!

      Pois não dá não :(

      Eliminar
    4. Acordei agora! Pega na Sónia para ti, irra! Viu o temporal e meteu-se cá em casa!

      Já vi já dá :)

      Eliminar
    5. mas eu nã a quero... prefiro uma Sofia ou uma Cecília...

      Eliminar
    6. Sofia é um nome bonito. Cecília já não acho, mas eu também não tenho que achar nada :)))

      Eliminar
    7. (gaguejaste, vizinha....pimba! agora ri-te de mim....)

      Eliminar
    8. Pois foi, eram cinco da manhã e aquilo não validava o comentário. Mas Ana repara que há uma diferença, olha pões os óculos ou tira as calças de pijama :) como preferires :))

      Eliminar
    9. já conheci uma Sofia que tinha pêssegos...

      Eliminar
    10. Até são bons ... os pêssegos, eu gosto! Olha e rampas de skate?? Essas nunca vi?

      De todas prefiro os vulcões!

      Eliminar
    11. nestes últimos dias vi coisas que nem preferia ver...

      Eliminar
    12. nem tudo que diz respeito a mamas é bonito, infelizmente...

      Eliminar
  4. Faltam as conclusões descritivas e a ficha técnica do estudo....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. está lá quase tudo, quando estiver, eu pensei que estava, mas afinal nã está..

      Eliminar
    2. já vi, Trovisco... perfeito!
      estás de parabéns!

      Eliminar
    3. obrigado :) mas o mérito também é da senhora doutora orientadora... nã adormeceste?

      Eliminar
    4. Eu só dei a ideia do trabalho rigoroso e científico, e como boa orientadora fiquei com o nome no artigo e só o li :)

      Está brilhante :)

      Eliminar
    5. eu, adormecer, trovisco???? com trabalho tão rigoroso (embora não seja bem o meu tema preferido...mas depois falarei com a vizinha)
      ....

      Eliminar
    6. com a senhora doutora orientadora :) faxavor

      Eliminar
    7. olha, vizinha... agora dedica-te ao outro tema...
      (eu não tenho nada com isso...)

      Eliminar
    8. Pensei naquele da gravidade aplicada às pendências, preciso do Manel ou de outros alunos :) eu só invento os temas :))

      Eliminar
    9. Será que o Manel quer estudar pendências ? :))

      Eliminar
    10. não acredito vizinha... o Manuel?...jamais...

      Eliminar
  5. Não posso acreditar! Tu não existes!!
    Ainda vai haver quem te plagie a tese em trabalhos universitários.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. também achava que nã existia, até entalar um dedo na porta :)

      Eliminar
  6. Vai adiantado o estudo.
    Conclusões? Já há?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o paper já está quase em vias de ser publicado... carrega lá em cima onde diz aqui, ou aqui...

      Eliminar
    2. Meu estimado aluno, devias ter colocado um link maior! Com setas! Há falta de óculos por aqui e não é só a Ana :)))

      Eliminar
  7. Manel, estou em crer que, ao contrário dos verdadeiros vulcões que têm imensos anos, os daqui terão para aí 18... E, e... sem ajudinha? Até parecem ser mais de adolescente...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. acho que posso dizer com alguma segurança que vi mais mamas que tu :)
      (a nã ser que sejas médica e a tua especialidade seja senologia... ou faças cirurgia de próteses...) :)

      Eliminar
    2. Não, Manel, não sou médica, mas costumo ver um número razoável de mamas por dia.
      Vá, e não estejas com esses olhos assim tão espantados.

      Eliminar
    3. Manel, bem-hajas pela tua discrição. :))
      (Ainda temi por alguma pergunta... E afinal é tão óbvio, tendo em conta a minha rotina de que às vezes falo.)

      Eliminar
    4. espero sinceramente nã ter incomodado ninguém com esta brincadeira...
      :)

      Eliminar
    5. eu estou muito incomodada trovisco. vou precisar de apoio psicológico...

      Eliminar
    6. estou sem fundos para contratar psicólogos, se parar a chuva por uns dias, achas que ajuda? :)

      Eliminar
    7. de maneira nenhuma. é inverno, quero chuva! gosto de tudo no seu lugar....

      Eliminar
  8. AHAHAHAH demais. Deixa-me cá ir ver com atenção a ver se me encaixo algures :)))

    ResponderEliminar
  9. As desculpas que se rranjam para apalpar uns seios...

    ResponderEliminar
  10. Ainda bem que entalaste o dedo na porta, porque estavas esquecido que existias.
    Existes muito para além das mamas... embora essas também façam parte do caminho!
    São muito úteis, digo eu! Mas se não te completarem de nada te servem...
    Beijos Manel do Sol.:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ainda bem que gostas de mim... nem quero pensar o que gostarias que entalasse na porta, se nã gostasses :)
      beijos, Fava Rica.

      Eliminar
  11. Ahahahahahahah! O que se aprende por aqui. Nunca pensei que houvesse tanta matéria de estudo. E, sim, encontrei os meus. São tal e qual, versão miniatura. ;D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tanta? isto é uma pequena amostra... pequeníssima mesmo... uma versão miniatura :D

      Eliminar