sábado, 30 de janeiro de 2016

Vénus

O sol ergueu-se descomunal a oeste, lentamente, desabrochando ao contrário. As nuvens amareladas de ácido sulfúrico, pesadas como ovelhas, vão-se juntado em rebanho acima das crateras lisas. O vento não afaga o vale, nem com a ponta do seu manto. De madrugada soltou o freio do silêncio e deixa-o andar sem dono.
Neith nunca morou aqui, apesar do que dizem as más línguas. Não há sinais dela. Faz-me falta a lua, e os óculos de sol.
Agora que voltei, estou sem saber o que fazer e o dia vai durar mais do que um ano. 
Amanhã talvez visite Trotula Corona.



The planet Venus passes in front of the sun as it begins to set behind the Goddess of Liberty atop the Texas State Capitol in Austin, Texas,


34 comentários:

  1. Andas viajar pelo sistema solar? :)
    Diz-me como consegues sobreviver a uma pressão atmosférica cerca de 9 vezes maior? :)) Esmagado? :))) levemente comprimido?

    beijoquinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eu consigo, o mesmo nã se pode dizer dos óculos de sol...
      :) bom dia Snowy

      Eliminar
    2. Pois deves estar com os olhos um pouco irritados :) ainda apanhas uma conjuntivite :))

      Eliminar
    3. :)))

      É a minha costela do "povo" tripeiro :))

      Eliminar
  2. Pois gostei muito desta visita guiada, Manel, mas não tenho dúvidas, gosto cada vez mais do pôr-do-sol, todos os dias...
    Bela atmosfera, a de Vénus. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. abriram uma low-cost, mas aqui tens de esperar 243 dias terrestres por um pôr-do-sol :D

      Eliminar
  3. as notícias que eu tenho de vénus, é que é um forrobodó, uma desavergonhice sem limites... ao que andas, Trovisco???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. parece que abalaram o forrobodó para Marte... cheguei tarde, como sempre :)

      Eliminar
  4. Boa visita, então Manel Trovoada. Queres que te envie a lua ou os óculos. Escolhe bem, os dois é que não dá.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. os óculos se fizeres o favor, a luz dá-me a tua irmã, e ela aqui é ainda mais dolorosa!
      :) bom dia Ava

      Eliminar
    2. Vai escolhendo. Hoje estou uma mãos-largas. :)

      https://www.google.pt/search?q=%C3%B3culos+de+sol+ray+ban+masculino&espv=2&biw=1093&bih=514&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ved=0ahUKEwinp4nHhtLKAhXFLhoKHc3ZDicQ_AUIBygB

      Eliminar
    3. os quartos acho que são idênticos aos meus, quando estavam inteiros...

      Eliminar
  5. Para lá do sonho. Para lá dos dias comuns...

    Beijos, rapaz das tempestades. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. se vieres podemos fazer um piquenique... dizem que Trotula é de perder a respiração :)

      Eliminar
  6. E é de lá que não voltas?

    Ó

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sou capaz de ainda dar um pulo até Saturno, dizem que na primavera é muito bonito...

      Eliminar
  7. Cansaste de andar de cabeça na Lua afilhado, mailindo quinté?
    Ainda assim, andar de cabeça em Vénus, soa esquisito
    ahahahahahah

    Boa tarde Afilhado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. de cabeça, pescoço, braços, pernas, desta vez foi tudo... para Vénus, claro :)

      Eliminar
  8. quero um dia assim, tão longo, que quando a noite vier, o cansaço já me tenha vencido e o sono já me tenha tomado. quero um ano sem noites. apenas a banalidade das horas claras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nã te esqueças que é um ano sem noites, a que se segue um ano de noite... o que fazer com tanta noite?

      Eliminar
    2. hibernar.
      (nem que tenha que induzir um coma alcoólico)

      Eliminar
    3. posso estar nesse estado e nã ter plena noção disso...

      Eliminar
  9. Que boas notícias nos dás desse planeta!
    Vou ver se consigo enviar-te uns óculos de sol. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. dava imenso jeito, só volta a anoitecer daqui a 243 dias terrestres...

      Eliminar
  10. Então, Manelito, não são os homens que são de Marte e as mulheres de Vénus? :)

    ResponderEliminar
  11. Sabes, eu sou uma criatura da noite e confesso que também não gosto muito de sol. Gosto de dias frios e cinzentos, com chuva também. Quando era pequena ficava tão, mas tão chateada por estar sol e calor que queria desesperadamente ir viver para o Alasca. Mas durante as minhas viagens posso sempre visitar-te, isso é certo! :)

    Deixo-te um beijo, Manel Mau. :)

    ResponderEliminar
  12. Isso de tanto sol, tanto tempo faz-me confusão. Não creio que haja óculos de sol que ajudem a aguentar tanta luz. Eu cá não tinha pachorra.

    Deixa-te disso e volta ao mundo 'normal'. ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. esse talvez seja o problema, nã há propriamente um "normal"...

      Eliminar