quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

hafemetria

Ele observava a órbita conciliada de uma centena de partículas de pó em torno do halo do candeeiro, quando ela pousou no seu ombro. Cheirava a erva e alisso e juntando os lábios ao seu ouvido, perguntou se tinha um cigarro. Quedou-se por ali mais um tempo, ajoelhada e nostálgica junto à poltrona.  Ele fechara os olhos, deixara de seguir a trajectória dos astros para sentir as ínfimas quebras das impressões, em pequenos círculos na flor do ombro. De pergunta a frolir na boca, como se fosse primavera, voltou pacientemente a coser os lábios ao seu ouvido. Desta vez ele respondeu-lhe sim. 

Milt Kobayashi


20 comentários:

  1. ... também por isto, nunca devemos dar nada como perdido ou adquirido, tanto o bom como o mau.

    ResponderEliminar
  2. Quando menos se espera ouvimos a palavra que nos faz sorrir
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. intencionalmente subtrai a pergunta... mas uma coisa levou a outra, e houve sorrisos pelo meio :)

      Eliminar
  3. Fumar mata!!

    Bom dia afilhado mailindo quinté

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. viver mata!
      bom dia madrinha linda, ainda chove?

      Eliminar
    2. Ainda assim, prefiro morrer de morte morrida, que de morte matada ehehehe

      Boa noite afilhado mailindo, hoje e ontem não choveu, a não ser trabalho :)

      Eliminar
    3. trabalhar mata! :)
      bom dia madrinha D+ e como vão as caminhadas?

      Eliminar
  4. A intensidade do toque, como se fosse primavera!
    Segredou o teu nome?
    Magnifico momento.
    Beijinho Manel:))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ninguém se arrisca a tanto... :)
      anseio por começar a escrever, escrever mesmo a sério! beijos Fava

      Eliminar
    2. tu já escreves muito bem, se é isso o que queres designar com "escrever mesmo a sério", man da meteorologia avessa ao facilitismo (trust yourself a lil' bit more; if you can't, for the time being, then trust the readers: não falo de mim, que sou uma malcriadona, mas dos/das de grande qualidade que tb te visitam e cumprimentam :)

      Eliminar
    3. tu malcriadona? foste raptada oh Grandiosa? :)

      Eliminar
  5. A adivinhar melhores tempos, Manel?
    ( hafemetria para ti também que é como quem diz, tem um bom dia!)
    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. santinho Ava! levo horas à procura dos piores títulos...
      Bom dia, bom dia, vamos ver, vamos ver...

      Eliminar
  6. Manelinho, agora que já viu o que são açucenas, trago-lhe aqi um ramo delas pelo belo texto que escreveu :)
    E escreva, escreva, escreva... que nós gostamos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é a primeira vez que recebo flores :) muito agradecido Miss Smile, mesmo.

      Eliminar
  7. O teu post será a minha última leitura do dia. Vou dormir com esta prosa boa nos ouvidos de lábios cosidos.

    ResponderEliminar
  8. Descoser os lábios pode ser muiiiiiiiiiitoooooooo bom!

    Beijocas, Stormy boy. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. apareces assim de mansinho nas pontas dos pés e até me assusto...

      Eliminar