sexta-feira, 6 de novembro de 2015

fortuna

Um zíngaro com pouco uso mas mal cotado, andava certa vez sem rumo junto às margens de um rio largo. Foi o nómada o primeiro a ouvir os suspiros das ninfas aborrecidas, deitadas no lodo entre os destroços de um barco. Eram mais de cinco, seriam umas seis, pernas de peixe e belos corpos de mulheres. Eram todas tão formosas, tão belas mas enfadadas, que o zíngaro achou estranho e quis saber o que se passava. Afinal era mais do mesmo, trabalho precário, horas extras sem remuneração, aumento de impostos, só restava manter a esperança na aposta de sexta-feira, cem milhões de euros dizia na montra.

“E vós, Tágides minhas, de fúteis invocações fartas
Já não tendes mais ouvidos e pachorra pra esta fauna
Dos poetas, pintores, escultores, escriturários, banqueiros, talhantes, mecânicos, doutores, enfermeiros, professores, técnicos, engenheiros, carpinteiros, coveiros, prostitutos, policias, gatunos, ministros, palhaços, marretas, bando de moscas-mortas.
Dai-me a saber vossos planos, caso a fortuna
Bater certa e com fúria nas vossas portas.”


A primeira das Tágides não levou muito a responder:

“Sai-me na sexta fortuna choruda,
e alugo-te a ti zíngaro de estima, como cicerone ou tradutor, 
vamos por países quentes, dás-me uma ajuda
que o meu estrangeiro é um pouco saloio.”

(...)

O Camões que me perdoe se isto leva continuação...
Camões e as Tágides (estudo), óleo sobre tela, 1893-1894. 
Obra de Columbano Bordalo Pinheiro



6 comentários:

  1. Tu declinaste a minha oferta
    cigano mafarrico duma figa
    é assim que amas a madrinha
    deixando-a rica, mas perdida
    Não quero patrões
    gritaste tu, que de tão alto até fez eco
    tábenhe, alugo outro
    cigano dum caneco

    abreijo da madrinha, acabrunhada e triste :-(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. acabrunhada com veia cheia de poesia... só propus países mais temperados... :)

      Eliminar
  2. Pelo menos Camões não excluiu as do Mondego na sua evocação...

    ResponderEliminar
  3. Já fomos apostar, nem o Camões nos impediu!
    Gostei das ninfas aborrecidas.
    :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tudo serve de inspiração quando há vontade :)
      mesmo ninfas aborrecidas :)

      Eliminar