quarta-feira, 28 de outubro de 2015

imputar

Exmos. Senhores

Começo por lhes apresentar o meu pedido de desculpas pela justificação tardia, mas afazeres pessoais e profissionais impediram-me de lhes responder em momento oportuno.
Com referência à situação climatérica actual, admito total responsabilidade pelos níveis altos de precipitação que têm assolado o território nacional nos últimos dias. Lamentavelmente a situação descontrolou-se, esperando-se melhoras só a partir do início da próxima semana. Mais informo vossas excelências que foi um acto verdadeiramente irreflectido e de pura obstinação, perante a tenacidade de um céu limpo e aguaceiros fracos.
Ressarcirei todos os lesados por qualquer dano causado, moral ou material, colocando-me desde já à vossa disposição para eventuais esclarecimentos. Cabe-me a mim, culpado em primeiro grau, divulgar que habitualmente os pedidos de precipitação são bem atendidos, mas por omissão do código postal no destinatário, a ordem executória teve lugar em território errado, bastante mais a sul, aqui continua sem nuvens, céu limpo, um autêntico nojo.
Apraz-me ainda informar que as reclamações podem ser dirigidas, caso não esteja assistido por um psiquiatra, ao instituto português do mar e da atmosfera, onde ocorreu o processo de previsão descritiva para 10 dias para uma determinada localidade escolhida aleatoriamente pelo sistema e que por acaso era Lisboa. Caso não haja previsão desfavorável, contrariando as actuais do momento, queiram vossas excelências ignorar parte integral desta minuta.
Em última análise, podem aconselhar-se junto da Autoridade para as Condições Meteorológicas, adoptando os procedimentos que se revelarem mais adequados a ultrapassar este impasse e crescente foco de conflito, até ser definida a sua situação, em termos definitivos, através de um dos dois procedimentos acima assinalados ou por outra via que vossas excelências achem mais conveniente e eficaz.


Com os melhores cumprimentos

Manuel Mau-Tempo






4 comentários:

  1. Gosto de nuvens, chuva e frio. Obrigada!

    ResponderEliminar
  2. Eu já nem me dou ao trabalho de reclamar, estou habituada a esses enganos, ou falta de capacidade, para os não terem. :=))

    PS: Bom treino linguístico, tás pronto para um manga de alpaca governamental erhehehehh
    .

    ResponderEliminar
  3. Pois, tendo em atenção o apelido, não poderemos esperar bom tempo. ;)
    Abraço

    ResponderEliminar
  4. Manelito, eu até gosto de chuva :)
    Podia ouvir continuadamente este som da natureza, tão relaxante.
    Fica um beijo moço:)

    ResponderEliminar