domingo, 31 de maio de 2015

barba

Apesar do meu distúrbio psicológico não constar do ICD nem do DSM, toda a gente sabe que não fecho bem a mala, ou por outras palavras, não jogo com o baralho todo. Há duas maneiras de lidar com isto, mas a maioria opta por não me contradizer, regra básica já bem estabelecida, ou então fazem-se mortos, o que geralmente só resulta com ursos. Já me disseram que não há cura para doenças que não estão descritas e lá me vou aguentando, as pessoas são simpáticas e às vezes até me atiram amendoins, ou tentam fazer festas. Pontualmente há períodos de regeneração, são curtos mas dão-me esperanças de que este meu mal tenha cura. A última vez que isso aconteceu dei por mim a jantar um hambúrguer num desses restaurantes de fast-food enquanto assistia ao jogo entre os NY rangers e os tampa bay lightning. Não sei como ficou o resultado, o surto de normalidade durou pouco mais de uma hora e rapidamente voltei ao meu estado enfermo, arrotando a picle de pepino. No início do jogo até pensei que se tratava de um documentário sobre vikings, pois todos usavam espessas barbas e cuspiam ininterruptamente, mas depois vi que afinal era hóquei no gelo. Tenho saudade do tempo em que os meus pêlos faciais cresciam livremente. As mulheres gostam de uma barba bem cuidada, e eu podia ficar na cama mais quinze minutos se não a desfizesse todos os dias. Vai-se a ver e se calhar é por isso que ando com pouca sorte, falta-me a barba e mais 15 minutos de sono, e talvez só assim se explique como é que acabo a jantar sozinho, como um ruminante diante de um ecrã... vá, não me contradigam, isto já não tem cura!


12 comentários:

  1. Mas... Tinhas iniciado a refeição acompanhado?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. felizmente nã... levar uma dama para comer hambúrguer só se estivesse completamente curado

      Eliminar
    2. Táste a armar aos cágados afilhado? Dama que é dama, vê um pouco mais longe, e se a companhia é boa, hambúrguer pode até saber a leitão.

      Eliminar
    3. no fim só sabe a picles de pepino...

      Eliminar
    4. Resumindo, estás avinagrado eheheheheh

      Eliminar
  2. Aqui no norte,em Barcelos mais concretamente,há uma casa/clínica chamada de amarela...É a chamada Casa Amarela para tolos!Não sei se esta informação te interessa;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. interessa mas a localização é tramada (de Barcelos só conheço o galo e o óquei... ) haverá algum sítio um pouco mais para norte?

      Eliminar
    2. Acho que há uma, não amarela mas amarelada pelo tempo, lá para Monção, achas que te enche as medidas? :))

      Eliminar
    3. nã sou muito esquisito, só um bocado...

      Eliminar