encélado

 

Explico ao porteiro que trabalho mais horas durante o dia do que o tempo que saturno demora a dar uma volta completa no seu eixo. O homem não demostra qualquer tipo de reação, parece que nem me ouviu demasiado imerso no seu fato de sobrevivência. Nem sei porquê que lhe falei. Sonhei novamente com o mar e com a estrada em pedra. Blocos de granito perfeitamente encaixados que acompanham infinitamente o corpo aquoso. Primeiro é tudo pacífico, sem movimento, depois algo acontece. Sinto que as forças me abandonam a meio da semana. Acordo com cãibras. Deixo a câmara de sono a cambalear quando ainda estamos a atravessar o polo sul. Uma pluma de partículas de gelo e substâncias orgânicas liberta-se das quatro fraturas lineares. Percebo agora porque são conhecidas por listras de tigre.



Comentários

  1. Andas na apanha do gelo? Vou precisar de algum para os mojitos. E hortelã, há? Como vão as tuas plantações de aromáticas? :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. se me convidares até te faço os mojitos :) desde que nã haja pedaços de polvo ou ovas de choco...
      as aromáticas precisam de pouca atenção... é o melhor de uma horta que raramente tem visto o seu cuidador :D

      Eliminar

Enviar um comentário