sopa

 O meu avô comia sempre sopa, mesmo nas noites de festa, ele abria a refeição com uma sopa e não raras vezes era o primeiro a sentar e comer. Era bastante estranho. Nos meus cinco, seis anos, questionava-me como podia alguém tolerar assim tanta sopa. Na altura em que vivemos em casa dos meus avós, a minha mãe não me obrigava a comer sopa, mas havia sempre sopa por causa do meu avô. Mais tarde quando ele ia a nossa casa, a minha mãe fazia sopa de propósito para ele. Agora compreendo. Apesar de não comer sopa a todas as refeições, gosto bastante e tento comer sempre ao almoço. Aliás, hoje soube-me muito bem, tão bem que vou comer também ao jantar. E sim, cheio de orgulho, fui eu que fiz :)

Comentários

  1. A sopa é um excelente alimento. E a sabedoria chega com o amadurecimento. Poucas crianças gostam de sopa, mas todos os ou quase todos os idosos adoram.
    Abraço saúde e uma boa semana

    ResponderEliminar
  2. Voltei só para dizer que quando falei nos idosos referia-me ao seu avô, não ao meu jovem amigo. Nada de confusões. Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. eheheheheheh, Elvira, eu tenho a alma de um ancião, por isso quando me chamam de velho ou de uma forma mais simpática, idoso, não me soa nada estranho
      abraço, saúde e bom fim de semana

      Eliminar
  3. Ao almoço nunca como sopa- Ao jantar já há vários anos que como um prato de sopa e mais qualquer coisa. Não abdico - nem troco - do/o meu pratinho de sopa ao jantar
    .
    Votos de uma feliz semana.
    .
    Pensamentos e Devaneios Poéticos
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. tenho fome ao jantar, nã dá pra ficar com pouco mais do que sopa :) mas vou experimentar
      bom fim de semana

      Eliminar
  4. Hum... Será sopa de lagosta? Daquela do post anterior? :))

    ResponderEliminar
  5. Adoro sopas, mas só no tempo frio, gosto delas a fumegarem e, se possível, uma fatia de broa de milho.

    Vivi , quando miúda, numa zona onde a sopa era prato obrigatório, e muitas vezes único mas, o que me fazia uma aflição danada, era não entender do porquê de aquecerem vinho tinto à lareira e acrescentarem-no à sopa. Só os mais velhos o faziam, os mais novos teriam que esperar ter idade, (e gosto grrrrrr) para o fazerem.

    Se não estivesse tanto calor, pedia-te uma malga dessa tua sopa :-)
    Beijinho, afilhado mailindo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. nunca experimentei essas sopas :) mas prometem
      beijos madrinha, bom fim de semana

      Eliminar
  6. Como sopa de Verão e de Inverno, mas apenas ao jantar. Aliás, jantar composto por...sopa, e fruta. Claro que as adapto ao clima das estações, quentinhas, de feijão ,anteiga ou outro, no frio, frias, no calor, de tomate e outros legumes. Queres que te mande uma marmita com a minha sopa, Manel?. :)

    Beijos e abraços.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. chegava aqui uma sopa tipo queijo, mas se calhar até descobrias a pólvora :)
      beijos, bom fim de semana

      Eliminar

Enviar um comentário