homburg

Um destes dias acordei com o sonho ainda desenhado a traço fino e nítido na memória. Era um jovem e andava em grupo com outros jovens e todos usávamos chapéus finórios. Tive de pesquisar o nome do chapéu que usava, um homburg em cinza-claro, idêntico ao usado por Al Pacino no padrinho. No entanto, estou em crer que o indutor terá sido um documentário sobre Churchill, já que grande parte da ação decorria numa zona residencial londrina, com o típico revestimento de tijolo e bonitos gradeamentos. A outra parte do sonho passa-se num ambiente totalmente diferente, talvez na Austrália, com grandes eucaliptos a descascar em longas fitas, onde vive uma terrível criatura mutante. Mas já lá vamos. Primeiro preciso de explicar que a nossa arte consiste em entrar em casas ricas e torná-las mais pobre. A rapariga que nunca vi surpreende-nos na porta das traseiras de uma dessas residências, ela sabe o que fazemos e sem deixar de sorrir, justifica-se que só vem deixar uma encomenda. Seguro-lhe a porta do T-bird descapotável de 57 e ela junta-se ao gang. Há outras raparigas numa festa, ela apresenta algumas das que conhece, mas só tenho olhos para ela. É depois dessa festa que estamos a caminhar numa zona densa de árvores, os tais eucaliptos, onde um ser gigante que parece o resultado de uma má experiência científica, nos observa uns ramos acima de nós. Ele desce, tem cerca de três metros e muita agressividade em cada um dos seus canino gigante. Tiro o meu chapéu homburg por precaução e avanço para a besta. Mau! Grito-lhe, com um dedo estendido. Mau! Menino Mau! E o animal afasta-se, curvado de medo. 



Comentários

  1. Vês filmes com fantasia a mais, afilhado. Experimenta umas comédias ou até uns musicais, quem sabe os sonhos mudam e tenhas sonos mais descansados :-)

    Beijinho em TU, afilhado mailindo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. este até foi bastante calmo... considerando o normal em mim :)
      beijos madrinha

      Eliminar
  2. Ah, Manel...que lindo sonho sonhaste.
    Adorei.... Que boca o rapaz tem! É parecido contigo, pois é?

    Beijinho, moço bonito... :))

    ResponderEliminar
  3. Menos mal...podia ter sido inspirado no 'Laranja Mecânica'.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. e se pensarmos bem... um grupo de jovens a fazer o que nã devem com chapéus finórios... só que o chapéu é diferente, fui confirmar, é o que chamamos um chapéu de coco...

      Eliminar
  4. Nem era preciso tirar o chapéu, afinal... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. as regras de etiqueta respeitantes aos chapéus são complicadas... havia uma série de normas, por exemplo os homens não deviam usar chapéu dentro de um edifício mas as mulheres podiam, desde que não bloqueasse a vista a ninguém, por exemplo no cinema...

      Eliminar
  5. Sonhos de grandeza e força:) Se se trata de arranjar um chapéu é encomendá-lo já. Eu gosto em geral de ver pessoas com chapéu, dá um certo ar distinto e encantador, sobretudo se não for combinado com roupas muito formais.
    ~CC~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. já uso chapéu todos os dias no trabalho e na horta... e chega :)

      Eliminar
  6. Seja bem-vindo e espero que a ausência não tenha sido por maus motivos.

    Gostei do sonho e gosto muito do Al Pacino.

    Só não gostei que a tal criatura aparecesse na Austrália. A menos que também tenha o sonho/desejo de visitar o país, tal como eu.

    Um abraço do Algarve,

    Sandra Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. só falta de tempo para esvaziar as ideias em palavras :)
      por acaso nã tenho grande fascínio pela Austrália... tanto quanto sei podia ser noutro sítio qualquer, mas lembro-me bem dos eucaliptos
      abraço

      Eliminar
  7. Quem é vivo tarde ou cedo sempre aparece.
    Espero que a ausência não tenha sido por falta de saúde.
    Quanto ao sonho, já pensou em escrever argumentos para cinema?
    Abraço e saúde

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. vivo mas sem vida :)
      acho que está tudo escrito, já nã há nada a acrescentar, o que se faz agora é tudo uma cópia do que já foi feito, até os meus sonhos
      saúde!

      Eliminar
  8. Então, Manel? -- Sai lá da toca e vai lá ao meu canto. Participa no desafio que lanço aos amigos e visitantes, vais ver que te fará bem...Fico à tua espera.

    Beijocas. :-)

    ResponderEliminar
  9. Uma vez que o "Mau-Tempo" dominou a fera, não pensei que ela lhe fizesse mal.

    Afinal, parece que a besta ou o Michael Corleone raptaram o Manel.

    Sacanas!

    "Abreijo"!

    Sandra Martins

    ResponderEliminar

Enviar um comentário