tinder


 
De La Hoya sempre falou pelos cotovelos. às vezes desligo e ele fica ali a debitar duas mil palavras por segundo, depois volto e digo "ah! oh! sim, sim!" e ele nem dá pela minha ausência. uma vez fomos viajar com mais uns amigos e a certa altura tive vontade de o matar. primeiro pensei em veneno de ratos, depois no desespero fui com as mãos ao pescoço. anda no tinder, mas as coisas não correm bem. diz que está farto de ser rejeitado. a minha curiosidade desperta, preciso saber se ele reconhece as bocas nos cotovelos e que essa pode não ser uma característica apaixonante. parece que as coisas andaram bem enquanto trocaram mensagens. ele inventou um bocado porque ela gostava de ler e ele nunca pegou num livro. se calhar era boa para ti, acrescenta. quando se conheceram pessoalmente por baixo da janela dela, tipo Romeu e Julieta, ela ficou desapontada. mas com quê? preciso saber. De La Hoya acha que foi a cara. 






Comentários

  1. É capaz,um tipo que tem a boca nos cotovelos pode provocar algum estranhamento...

    ResponderEliminar
  2. Tomei conhecimento disto do "Tinder" através de produtos dos "States": séries, filmes e até livros.

    Extremamente irritante alguém que não pára para respirar e ouvir o outro.

    Eu gostei mais do post anterior. A salada ficou com muito bom aspecto. Acho é mal a discrição fazer parecer que é algo muito difícil e demorado.

    Comigo, é grão já cozido e garam masala de compra. Custei a encontrar e também passava ao lado das receitas onde constasse esse ingrediente. Agora já não!

    Só faltou falar na bebidinha a acompanhar. Com especiarias, um tinto ia muito bem!

    É ensinar o amigo a cozinhar: mais panelas e menos tinder.

    Boa semaninha!

    Um abraço do Algarve,

    Sandra Martins

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. água, muita água... acabou-se as jolas, os tintos... que tristeza!
      já nem me reconheço
      abraço

      Eliminar
  3. Não posso comentar sem saber o que é essa coisa do "Tinder".
    Mania de pensar que toda a gente que aqui vem é erudita, pá...
    La Hoya só conheço o pugilista. É esse?
    Acho melhor trazeres mais receitas, Manel. :)

    ResponderEliminar
  4. Nossa!! Não desapareceste a cavalo de uma nuvem, numa manhã de nevoeiro, pois não Manel?
    Já chega de férias. Apresenta-te ao serviço, Cigano. Então?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é exactamente ao contrário... escrevo quando estou de férias...

      Eliminar

Enviar um comentário