refresh

"um post por dia até ao fim do corona" dia 33

Fiz café pela segunda vez e sentei-me no chão como se fosse participar numa aula de ioga. Convidei a Anoushka Shankar para se sentar ao meu lado e me inspirar com o seu sitar. Estou encantado por ela e tenho a certeza de que ela vai ficar encantada por mim quando me conhecer. Consigo imaginar a nossa vida perfeita. Ela é mesmo linda e que mãos talentosas! Depois abri os correios, o pessoal e o imaginário, e tinha apenas um email promocional, mas já foi suficiente para me dar algo que fazer. A seguir fiz refresh, mas não surgiu mais nada. Verifiquei o lixo, novamente refresh. Já não saio de casa desde terça-feira. Esqueci-me de comprar manteiga e papel-higiénico. Estou no último rolo, mas sem vontade de ir ao supermercado. Não gosto de ir ao supermercado, agora ainda menos. Com este toucado indomável e a máscara a cobrir meia cara, dá-me uma gana de assaltar o caixa, ninguém entende o que digo. Espero que a Anoushka goste de ir às compras, mas se não gostar, podemos mandar entregar em casa e ficamos todo o dia na cama. Depois levantei-me para regar as sementeiras na beira da janela e aproveitei para fazer chá. Talvez lhe escreva um poema. 




Comentários

  1. Sabes que ela e irmã da Norah Jones? :) ambas magníficas :)

    Escreve-lhe um poema, a moça merece :)

    Sempre queres o Nestum?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sei e estive muito indeciso entre as duas, mas depois a Anoushka ganhou...
      nã mandes o nestum, obrigado, tenho de me por fino, já viste que linda que ela é, nã vai querer um barril... nem gosto muito de nestum, acho que estava um bocado tocado, era sexta, nã era? bebo sempre às sextas...

      Eliminar
  2. Escreve sim!
    Uma mulher derrete-se sempre com um poema - mas aviso-te já que tem de ser mesmo bom!! Assim de qualidade!! Senão... fica apenas patético...
    Esmera-te!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Suspiro por vê-la quando estamos separados
      Anseio por abraçá-la quando a vejo
      E quando abraço essa beleza de olhos rasgados
      Fundir-me com ela é o meu único desejo

      Eliminar
  3. Depois de domados estes solavancos de soluços, provocados pelo riso que me causou esse teu toucado indomável, lá fui ouvir a sita da Anoushka.
    Pois olha, Cigano...ADOREI! A música e a moça!
    E que linda ela é... Que bonito par fariam..Tu, moço moreno, de farta cabeleira negra e ela...bem, ELA... a tal que te convém e há tanto tempo procuras.

    Tens a minhas bênção. Sim, escreve-lhe um Poema, não te preocupes com rima nem métrica, se é quintilha, sextilha, um soneto um terceto., o que for.
    Escreve o que o teu coração te ditar e, por favor, acaba com esses calores sempre a precisar serem refrescados...ehehehe

    Ah, grande Manel!! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Embora não tenham limites as minhas conquistas
      Para mim há apenas uma cidade
      E nessa cidade um palácio
      E nesse palácio um quarto
      E nesse quarto uma cama
      E nessa cama uma mulher
      Adormecida
      A jóia mais valiosa
      De toda a minha coroa

      Eliminar
    2. Bonito, sim senhor!

      Mas, não dizem que o Poeta é um fingidor?
      Tomara que ela acredite
      Que sendo a jóia da tua Coroa
      a queres na cama, adormecida
      tem cuidado não vá lá outro...
      ... que a espevite!!

      Eliminar
    3. eheheheheh, nã é meu Janita, faz parte de uma colectânea de cinquenta poemas do amor furtivo e outros poemas eróticos da Índia antiga :)

      Eliminar
  4. Se houver jornal em casa não tem necessidade de usar papel higiénico, lol
    .
    Saudações poéticas.

    ResponderEliminar
  5. Não faz por menos, uma lindeza e talento desses...fez-me pensar a quem dedicaria eu um poema, mas só me ocorrem "velhotes" em bom estado como o Sting ou o Peter Gabriel:)
    ~CC~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sou assim, sonho alto e depois é sempre a cair :)
      nã há mais desses em bom estado? então e aquele de cabelo branco, o Richard, o Cloney, nã?

      Eliminar
  6. Não gastes papel para lhe escrever o poema, se não te apetece ir ao supermercado todo o papel é fundamental!
    Agora a sério...acho que já chega de café =P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. passei depois para o chá... e entretanto estive no gin, mas acho que por hoje já chega

      Eliminar
  7. Um poema ou uma carta de amor, daquelas bem ridículas. Não falha. :)

    ResponderEliminar
  8. Chá, café? bebe masé um tinto que o poema até sai melhor :)

    ResponderEliminar
  9. Então, Manel?
    Andas de volta da sementeira ou das encomendas de poemas, hãm??

    Bom dia ou boa tarde, sei lá...!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ninguém faz as limpezas e trata da roupa por mim... e sou lento

      Eliminar

Enviar um comentário